Manaus, 28 de novembro de 2022

Coronavírus

Foto: Valdo Leão/Semcom
Foto: Valdo Leão/Semcom Foto: Valdo Leão/Semcom

Em Manaus, vacinação será destinada a idosos a partir de 70 anos

Doses ainda serão repassadas pelo governo do Estado.

Da redação

O Plano Municipal de Vacinação contra Covid-19 foi anunciado, nesta quarta-feira (27/01), e deve iniciar pelos idosos a partir de 70 anos. A imunização será por meio de drive-thru e pontos fixos, e deve se estender por três semanas. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciará a aplicação das vacinas de 48 a 72 horas após o recebimento das doses, que ainda serão repassadas pelo governo do Estado.

Na primeira semana de vacinação, serão atendidas as pessoas de 80 anos ou mais; na segunda semana, as de 75 a 79 anos; e, na terceira, idosos de 70 a 74 anos. Os acamados com idade acima de 70 anos serão vacinados em casa. A ordem de vacina atende aos critérios clínicos estabelecidos pelaa Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

A Semsa abrirá agendamento online dos idosos, por meio do Sistema Municipal de Vacinação (SMV Covid-19), que está sendo ajustado para essa finalidade. O link de acesso será divulgado posteriormente. Para os idosos acamados, a pasta vai utilizar o banco de dados já existente e abrir um canal para a atualização das informações, que também será divulgado brevemente.

Serão destinadas aos idosos um total de 50.398 doses das vacinas do laboratório AstraZeneca/Oxford. Deste total, 20.259 doses são para pessoas de 80 e mais, o correspondente a 100% do grupo; 18.637 para a faixa de 75 a 79 anos, também para 100%; e 11.502 para 70 a 74 anos, equivalente a 37%, de acordo com o quantitativo enviado pelo Ministério da Saúde.

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), enfermeira Marinélia Ferreira, destaca que idosos que estejam ou tenham tido Covid-19 não poderão receber a vacina. “Esses idosos só poderão ser vacinados após três meses do contato com a doença”, alertou.

Estratégia de vacinação

Segundo a Semsa, a vacinação será feita por meio de drive-thru e pontos fixos que atenderão todas as zonas da cidade. Sendo assim, no pátio do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), atenderá a Zona Norte; o estacionamento da Universidade Paulista (Unip), para as zonas Sul e Centro-sul; o Clube do Trabalhador do Sesi, para a Zona Leste; o Centro de Convenções (Sambódromo), para os residentes na Zona Oeste; e o Shopping Phelippe Daou, que abrange as zonas Norte e Leste. Os pontos fixos ainda serão definidos e divulgados em tempo hábil.

Outra medida para proteger os idosos será a definição dos dias de vacinação de acordo com o mês de nascimento (dois meses por dia da semana), e horário de atendimento das 9h às 16h.

A vacinação dos idosos acamados, cujo cadastramento ocorrerá por telefone, obedecerá ao sistema de rotas a serem definidas pelos Distritos de Saúde da área correspondente ao endereço residencial de cada um.

Instituições de longa permanência

Os idosos residentes em instituições de longa permanência começaram a ser vacinados na última terça-feira (26/01). A primeira instituição a receber a vacina foi a Fundação Dr. Thomas, com a imunização de 112 dos 116 idosos. Quatro não puderam receber a vacina por apresentarem quadro clínico contraindicado.

Para esta quinta-feira (28/01), está programada a vacinação em outras três instituições de longa permanência, sendo a Casa Gene, no Parque 10, que tem 23 idosos residentes; a Fraternidade dos Amigos e Irmãos da Caridade (Faic), no bairro Nossa Senhora das Graças, que cuida de 12 idosos; e o Lar São Vicente de Paulo, no São Raimundo, onde vivem 18 idosos.

COMPARTILHE