Manaus, 28 de novembro de 2022

Geral

Foto: Divulgação/SSP-AM
Foto: Divulgação/SSP-AM Foto: Divulgação/SSP-AM

SES alerta sobre prevenção durante festas de fim de ano no Amazonas

Secretaria reforça que as compras online devem ser priorizadas.

Da redação

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) divulgou, nesta segunda-feira (14/12), um alerta sobre prevenção durante festas de fim de ano no Amazonas. A pasta orientou que a população mantenha as medidas de segurança na hora de ir às compras e nas comemorações em família, evitando promover ou participar de aglomerações.

De acordo com a secretaria, em um ano atípico, em que se vivencia a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as datas comemorativas do mês de dezembro devem ser desfrutadas com cuidados redobrados em relação à saúde.

Optar por compras online

Para quem não abre mão de comprar os tradicionais presentes de Natal ou aquela roupa nova para usar na noite de Reveillón, a secretaria reforça que as compras online devem ser priorizadas.

“Caso haja a necessidade de ir presencialmente, o cidadão deve optar por ir em horários alternativos e escolher centros de compras com o menor fluxo de pessoas”, orientou a SES-AM.

Cuidados na pandemia

O infectologista da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Antônio Magela, ressaltou que a população deve manter o uso da máscara, higienizar com frequência as mãos com água e sabão, e ter sempre por perto álcool gel.

“Se as pessoas vão ao comércio, tentem encontrar um horário de menor fluxo de pessoas e sempre observando as orientações de, em um ambiente de aglomeração, ter o uso da máscara (protegendo sempre nariz e boca), mantendo o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e a higiene das mãos frequente. Se não puder ser com água e sabão, que seja com álcool em gel”, afirmou o especialista.

Segundo o infectologista, é necessário fortalecer as medidas de proteção individual e coletiva. “Nessa época do ano, em que há um aumento considerável no movimento do comércio, como é de praxe em todos os anos, há sempre uma preocupação com a segurança. Nesse ano, essas preocupações continuam existindo e adicionamos mais uma, além da segurança com relação à violência urbana, temos agora as questões de segurança com relação à saúde”, ressaltou.

Confraternizações

As confraternizações de fim de ano também preocupam as autoridades. A orientação é para que as pessoas evitem reuniões em ambientes como bares e restaurantes e restrinjam os encontros a, no máximo, dez pessoas.

Para as noites do dia 24 e 31, as autoridades sanitárias recomendam que as comemorações ocorram, preferencialmente, entre pessoas que residam no mesmo local, evitando festas com grande número de convidados.

O infectologista Antônio Magela destacou que, além da Covid-19, há também a ocorrência de todas as outras doenças respiratórias, que aumentam nessa época do ano e que são transmitidas da mesma forma, e por isso o cuidado precisa ser redobrado.

“O que nós voltamos a recomendar são as mesmas orientações para que as pessoas possam festejar o Natal ou o Ano Novo, mas sempre pensando na sua segurança e na segurança de seus familiares”, disse.

COMPARTILHE