Manaus, 13 de julho de 2024

Dança

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook Foto: Reprodução/Facebook

Coreógrafo manauara vai ministrar oficina online de dança africana

Oficina será transmitida pelo YouTube, no domingo (10/4).

Com informações da assessoria

O coreógrafo manauara Wilson Júnior, fundador da companhia de dança Arte Sem Fronteiras, vai ministrar uma oficina online de dança africana, no domingo (10/4). O conteúdo será transmitido pelo YouTube da instituição e a aula vai ocorrer das 14h às 16h.

A coreógrafa Jéssica Moça ficará responsável pela produção do workshop.

Wilson explicou que a proposta da oficina é fomentar a dança e cultura afro-brasileira, com o caráter formativo, como: cultura corporal, a diversidade e a desigualdade.

“A dança afro, a música e a cultura afro-brasileira, sem sombra de dúvidas, são maneiras efetivas de apresentar aos participantes uma novidade carregada do potencial educativo, pois no seu ensinamento utilizamos o movimento consciente para expressar ideias, pensamentos e reflexões nos âmbitos filosóficos, sociais e políticos”, reiterou.

Wilson Júnior. Foto: Reprodução/Facebook

O projeto, intitulado ‘Afrobrasílis, uma herança em movimentos’, é de autoria da coreógrafa Jéssica Moça e contemplado no Edital Prêmio Zezinho Corrêa.

Objetivo da oficina

De acordo com a coreógrafa Jéssica Moça, a dinâmica da oficina também vai trazer a junção da dança contemporânea com o elemento dos orixás que compõem as religiões de matriz africana.

“Nossa oficina tem como objetivo de enfatizar os movimentos característicos de Orixás usados nos processos ritualísticos praticados pelos afrodescendentes. A oficina lança um olhar dialético com a intenção de abordar as questões que valorizam e compreendem a beleza do universo da cultura afro-brasileira que na maioria das vezes é negligenciada pelo preconceito racial, social e religioso”, concluiu.

Biografia

Wilson Júnior

Natural de Manaus, Wilson Júnior vem representando o Amazonas com trabalhos de projeção da cultura popular do Norte do Brasil em festivais, como Toronto Brazilfest no Canadá e Festival da cultura brasileira na Áustria.

O artista também participou como oficineiro no Internacional Samba Congress de Los Angeles.

Jéssica Moça

A coreógrafa Jéssica Moça realiza trabalhos na Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras desde 2017. A artista soma participações no Festival de Dança de Joinville e no Festival Folclórico de Parintins.

Jéssica também trabalha coreografando eventos sociais como formaturas e casamentos.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!