Manaus, 31 de julho de 2021

Turismo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Complexo de lazer Balneário do Maia tem desde piscinas a viveiros em Manaus

O espaço abre aos sábados, domingos e feriados.

Por Sabrina Rocha

O Balneário do Maia é um espaço de lazer situado no bairro Tarumã-Açu, Zona Oeste de Manaus. Amplo, o local oferece lazer para toda a família. No complexo, há piscinas adulto e infantil medindo 2.500 metros quadrados, bar e restaurante, além de viveiros de peixes e quelônios. Há regras para permanência no local, que funciona aos sábados, domingos e feriados. Confira mais detalhes na matéria.

O espaço de lazer possui mais de 15 anos. Conforme o proprietário, Jorge Maia, o balneário faz parte de um grande projeto que tende a crescer nos próximos anos.

“Futuramente, pretendemos aumentar as opções de entretenimento dentro do balneário. Hoje, temos a maior e melhor estrutura em um ambiente de lazer familiar”, afirmou ao Portal Edilene Mafra.

Balneário do Maia tem piscinas adulto e infantil em uma área de 2,5 mil metros quadrados. Foto: Divulgação

Atrativos

Entre os atrativos do balneário estão as piscinas adulto e infantil, ambas com tobogãs. A área de piscina 2.500 metros. A piscina adulto mede 1,20 a 1,50 metros de profundidade. Já a piscina infantil tem 80cm de profundidade.

O espaço também dispõe de um aquário de pirarucus, de um lago de criação de peixes, como tambaqui e matrinxã, e de um viveiro de quelônios. Esses espaços foram criados para que o visitante possa praticar o turismo de observação.

Jorge Maia explicou que os animais dos viveiros também estão disponíveis para venda. Os peixes são comercializado em períodos de safra, ou seja, quando têm tamanhos adequados para a venda.

O proprietário ressaltou que a comercialização de quelônios segue todas as regras impostas pelos órgãos ambientais. “Está tudo totalmente legalizado pelo Ibama. O comprador sai do balneário com nota fiscal, documento e lacre do Ibama”, assegurou.

O local conta, ainda, com restaurante e bar.

No espaço, há uma variedade de mesas e cadeiras dispostas em barracas com cobertura para aproveitar os momentos com a família e/ou amigos.

Lista dos atrativos:

  • piscinas adulto e infantil
  • tobogãs
  • aquário de pirarucus
  • lago de criação de tambaquis e matrinxãs
  • lago de criação de quelônios
  • restaurante
  • bar

Restaurante e bar

O espaço dispõe de restaurante e bar. O cardápio do restaurante inclui peixes assados, carne, frango, além dos acompanhamentos. Também opções de frutas.

O Balneário do Maia é conhecido por servir farofas regionais, como farofa de charque (jabá), calabresa e tartaruga. A farofa de tartaruga só e comercializada fora do período de desova.

Os visitantes também podem aproveitar a variedade de bebidas oferecidas no bar, que fica ao lado do restaurante.

Local conta com mesas e cadeiras com área de cobertura. Foto: Divulgação

Valores da entrada

A entrada custa R$ 10 por pessoa. Crianças acima de 1m20 de altura já pagam. O valor do ingresso é individual, ou seja, por pessoa.

No local, os visitantes podem realizar o pagamento em dinheiro, cartões de crédito e débito, e também por meio de transferência de PIX.

Dias e horários de funcionamento

O Balneário do Maia abre para receber o público aos sábados, domingos e feriados.

O horário de funcionamento é das 9h às 16h. Não é necessário fazer agendamento.

Regras de uso do espaço

A direção do balneário definiu regras para permanência no local e usos dos espaços internos.

Os banhistas só podem entrar nas piscinas se estiverem vestindo trajes de banho. Há modelos permitidos para homens e mulheres.

Para homens, o vestuário aceito é sunga, calção de esporte e camisa UV. Para as mulheres, os trajes aceitos são: biquínis, maiô, saída de banho, shorts de tecido fino, tipo ‘tactel’.

“É proibido a entrada de quaisquer pessoas com roupas de tecido grosso, como jeans, ou ainda, roupas íntimas (cueca e calcinha)”, reforçou o balneário.

Crianças só podem entrar na piscina ‘adulto’ se estiveram acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Não é permitido entrar com comida e bebidas nas piscinas.

É proibida a entrada de animais, comidas e bebidas no balneário. A direção também proibiu a entrada de bolas (futebol, basquete, vôlei), objetos cortantes e saltos de cabeça ou qualquer outro que coloque a vida em risco ou perturbe os demais visitantes.

Há regras para uso dos espaços, especialmente das piscinas. Foto: Divulgação

Protocolos contra a Covid-19

Atualmente, o balneário funciona com 50% da capacidade de ocupação, em torno de 1 mil pessoas.

Os visitantes devem usar máscaras nas dependências do local, exceto na piscina e na hora da refeição.

Ao longo dos espaços internos, estão disponibilizados 20 pontos de álcool em gel e lavatórios.

Segurança

O balneário conta com seguranças, salva-vidas, técnico em primeiros-socorros, entre outros profissionais. “É uma equipe completa”, destacou o proprietário.

Na entrada do complexo de lazer, há um ponto de atendimento de primeiros-socorros. Os salva-vidas ficam de plantão observando os banhistas, principalmente as crianças.

Localização

O ‘Balneário do Maia’ está situado na Rua Rio Negro, ou Rua Pacaraima, número 369, Ramal do Bancrevea, bairro Tarumã-Açu, Zona Oeste de Manaus.

O acesso ao local é feito por via terreste por carros e motocicletas particulares, ônibus fretado ou pelos ônibus da linha 011.

Os visitantes chegam ao balneário pela Avenida da Vivenda Verde. Os pontos de referência são a Marina da Margem e a ocupação Cidade das Luzes.

O local conta com estacionamento na área externa.

Contatos

Quem desejar obter mais informações sobre o local pode entrar em contato pelo número: (92) 99101-1297 ou pelo e-mail [email protected].

O espaço também tem perfil no Facebook e Instagram. Para encontrar, basta digitar @balneariodomaia.

Balneário do Maia funciona aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h. Foto: Divulgação

COMPARTILHE