Manaus, 28 de novembro de 2022

Religião

Foto: Marcio James/Semcom
Foto: Marcio James/Semcom Foto: Marcio James/Semcom

Arquidiocese de Manaus suspende missas e eventos presenciais

Atividades ficarão suspensas pelo período de 15 dias.

Por Stephane Simões

O arcebispo da Arquidiocese de Manaus, Dom Leonardo Steiner, anunciou, nesta terça-feira (5/01), que as missas e eventos presenciais estão suspensos pelo período de 15 dias, por conta do novo pico da pandemia da Covid-19 na capital amazonense. Uma carta foi enviada para as comunidades informando sobre a suspensão das atividades, além das medidas a serem tomadas.

“Nós viemos de alguns momentos de muitas reuniões, eleições, Natal, muitas pessoas buscando presentes, isso tudo houve um descuido em relação ao distanciamento social. Agora, não adianta chorar, o importante é buscarmos meios para ajudarmos os nossos irmãos e a nós mesmos”, disse.

Na carta, o arcebispo informou que muitos agentes de pastoral e ministros foram contaminados pelo vírus, o que colocou em alerta os espaços da igreja. Por conta disso, a Arquidiocese de Manaus resolveu suspender celebrações e reuniões a partir deste dia 5 até o dia 22 de janeiro.

Além das suspensões das reuniões, ficou definido que as igrejas, quando possível, devem permanecer abertas apenas para as visitas e orações. Os párocos devem providenciar a transmissão das celebrações online, auxiliados por uma equipe reduzida.

“Insistimos na necessidade de continuarmos com os cuidados em relação ao vírus da Covid19: distanciamento, higienização, uso de máscara. Busquemos na Palavra de Deus e na oração do terço, força e inspiração. Agradeço a compreensão de todos e rezemos uns pelos outros”, escreveu o arcebispo de Manaus.

Leia a íntegra da carta:

COMPARTILHE