Manaus, 12 de julho de 2024

Música

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Sidney Rezende, referência em composição de toadas, morre aos 65 anos

Governo do AM decretou luto oficial de três dias em homenagem ao artista.

Da redação

O músico Sidney Rezende, referência em composição de toadas, morreu aos 65 anos, na manhã deste sábado (9/4), em consequência de uma parada cardíaca. O governador Wilson Lima decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do artista.

Natural de Minas Gerais, o artista viveu por mais de 30 anos na Ilha Tupinambarana. Sidney fez história no boi-bumbá Garantido, onde contribuiu na produção musical, compondo toadas que marcaram época e levaram novos elementos musicais ao gênero.

Sidney Rezende. Foto: Divulgação

Decreto de luto oficial

Em reconhecimento à contribuição do compositor para a música amazonense e para o Festival Folclórico de Parintins, Wilson Lima decretou luto oficial de três dias.

O governador agradeceu a contribuição e o amor de Sidney Rezende pelo folclore amazonense e prestou condolências a familiares e amigos por esta dolorosa perda.

Nota de pesar do Garantido

A Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido (AFBBG) emitiu uma nota de pesar em despedida ao músico Sidney Rezende. O bumbá destacou o talento do artista e a sua contribuição na sonoridade do ritmo parintinense.

“De origem altamente percussiva, com Sidney Rezende a toada ganhou refinamento das cordas e a alegria dos ataques de metais. Sidão potencializou comercialmente nossa música. Por tudo isso, sua partida é ‘uma nota triste em meio a enorme partitura de sua existência’”, escreveu o Garantido.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!