Manaus, 28 de novembro de 2022

Música

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução Foto: Reprodução

‘Calou o tambor’, diz compositor de ‘Tic Tic Tac’ sobre Zezinho Corrêa

Hit foi sucesso mundial na voz do cantor, na Banda Carrapicho.

Por Stephane Simões

O parintinense Braulino Lima, compositor da toada ‘Tic Tic Tac’, lamentou a morte de Zezinho Corrêa, ocorrida na manhã deste sábado (6/2), após complicações da Covid-19. “Calou o tambor”, afirmou Braulino, emocionado com a perda.

Com a explosão do hit ‘Tic, Tic Tac’, nos anos 1990, Zezinho levou o nome do Amazonas para o mundo. A música tornou-se um dos maiores sucessos na Europa e no Brasil, chegando a ficar na posição 34 das 100 músicas mais tocadas na França.

“Ele foi um grande amigo. Sempre que podia, ele vinha me visitar, a gente se abraçava e chorava. Mas também mantínhamos contato por telefone. É uma grande perda, estou muito triste”, afirmou o compositor.

Braulino Lima e Zezinho Corrêa. Foto: Reprodução

Segundo Braulino, que também é pescador, a letra da música surgiu em 1993, durante uma de suas viagens de pescaria. O lugar possuía todas as características que ele retrata na toada, “as barrancas de terras caídas faz barrento o nosso rio mar”, de acordo com ele.

“Eu fiz uma viagem de pescaria. E, quando eu voltei pra casa, aquele lugar ficou muito na minha cabeça, o rio de águas barrentas, as terras caídas. Foi quando resolvi escrever a toada”, contou.

Braulino falou, ainda, que compôs ‘Tic Tic Tac’, que dá nome à toada, pensando no som emitido pelas caixinhas, instrumento musical considerado tradicional por dar ritmo ao boi-bumbá.

Braulino Lima compôs ‘Tic Tic Tac’. Foto: Reprodução

COMPARTILHE