Manaus, 7 de dezembro de 2022

Música

Foto: Michael Dantas/SEC
Foto: Michael Dantas/SEC Foto: Michael Dantas/SEC

Amazonas fará transmissão ao vivo do musical ‘A Caixa Mágica do Natal’

O público poderá acompanhar a transmissão a partir das 19h.

Com informações da assessoria

O espetáculo ‘A Caixa Mágica do Natal’ será transmitido ao vivo, no domingo (13/12), pelas plataformas digitais e pela TV Encontro das Águas, no canal 2.1, da TV aberta. O público poderá acompanhar a transmissão a partir das 19h.

O musical vai ser exibido simultaneamente pelo Facebook e YouTube do Governo do Amazonas e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Com 1h20 de duração e embalado por uma trilha sonora com clássicos de Natal e referências pop, o espetáculo faz uma viagem lúdica pelo universo natalino ao contar a história de uma criança que, após perder a mãe, deixa de acreditar no Natal. Tudo muda quando, a pedido de sua avó, ele abre um baú de memórias, lê uma carta deixada por sua mãe e mergulha num mundo mágico ao lado do duende Jujuba.

A nova montagem do espetáculo conta com a Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas, Corpo de Dança do Amazonas, Balé Folclórico do Amazonas e Coral Infantil do Liceu Claudio Santoro em formações reduzidas. A direção musical é do maestro Marcelo de Jesus.

Acessibilidade

A programação natalina no Teatro Amazonas vai contar com intérprete de Libras, audiodescrição e receptivo para atender ao público de pessoas com deficiência. As transmissões também trazem legenda e intérprete de Libras.

Musical premiado

Com direção cênica de Matheus Sabbá e texto de Thaís Vasconcelos, em 2020, ‘A Caixa Mágica do Natal’ ganhou três categorias do 20º Prêmio Cenym de Teatro Nacional: ‘Melhor Figurino’, ‘Melhor Qualidade Técnica’ e ‘Melhor Maquiagem’ no mês de novembro e venceu na categoria ‘Musical Norte’, por voto popular, na segunda edição do Prêmio Brasil Musical em março.

O espetáculo fica em cartaz até o dia 23 de dezembro, com acesso gratuito e agendamento pelo Portal da Cultura e pelo site do Teatro Amazonas.

COMPARTILHE