Manaus, 21 de junho de 2024

Literatura

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

‘Prêmio Sesc de Literatura 2023’ recebe inscrições de obras inéditas

Escritores podem inscrever obras nas categorias Conto e Romance.

Com informações da assessoria

 
O ‘Prêmio Sesc de Literatura 2023‘ está recebendo inscrições de obras inéditas de todo o Brasil, incluindo do Amazonas. Os escritores podem concorrer nas categorias Romance e Conto.

Conforme o Sesc, os interessados têm até o dia 3 de fevereiro, às 18h, para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online.

O regulamento completo está disponível em www.sesc.com.br/premiosesc.

Em 2023, o prêmio chega à 20ª edição como um dos mais importantes e consagrados no reconhecimento de escritores estreantes, está com inscrições abertas.
 
“Ao oferecer oportunidades aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional”, afirma a instituição.

Foto: Divulgação

PRÊMIO

Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record. “A parceria possibilita a inserção dos livros na cadeia produtiva do mercado editorial”, destaca o Sesc.

O vencedor de cada categoria tem sua obra publicada e distribuída comercialmente pela editora, com uma tiragem inicial mínima de 2.500 exemplares
 
“Este ano é especial. Chegamos a vinte edições, um marco importante e que deve ser comemorado. Criamos o Prêmio em 2003 e de lá para cá o projeto se consolidou como o principal do país para autores iniciantes. Esperamos ter novos recordes de inscritos em 2023 – no ano passado recebemos 1.632 trabalhos, sendo 844 em Conto e 788 em Romance”, ressalta Janaina Cunha, Diretora de Programas Sociais do Departamento Nacional do Sesc.

De acordo com o Sesc, o processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, gratuitamente, de forma anônima. “Isso impede que os avaliadores identifiquem os autores, garantindo a imparcialidade no processo de avaliação”, afirma o Sesc.

Os romances e coletâneas de contos são avaliados por escritores renomados, que selecionam as obras pelo critério da qualidade literária.

VENCEDORES DE 2022

Na edição de 2022, foram premiados o paraense Pedro Augusto Baía, com a coletânea de contos Corpos benzidos em metal pesado, e a gaúcha Taiane Santi Martins, com o romance Mikaia. A origem dos autores reafirma a característica do Prêmio de estímulo à diversidade e sua capacidade de projetar escritores das mais distintas regiões do país.

Em 2023, os vencedores circularão por unidades do Sesc em todo o país e poderão dialogar com o público sobre os temas e o processo de criação de seus livros, que foram lançados em novembro de 2022 na programação do Sesc durante a Flip – Festa Literária de Paraty. 
 
Nesses 20 anos de prêmio, diversos autores foram descobertos e se consolidaram na literatura nacional, graças ao incentivo da Instituição, entre eles Juliana Leite, Marcos Peres, Luisa Geisler, André de Leones, Franklin Carvalho, Sheyla Smanioto, Tobias Carvalho e Lucia Bettencourt.

COMPARTILHE