Manaus, 21 de julho de 2024

Geral

Foto: Ruth Jucá/ADS
Foto: Ruth Jucá/ADS Foto: Ruth Jucá/ADS

Feiras de bairros do AM mudam horário a partir de segunda-feira

As feiras abastecedoras vão manter os horários já estabelecidos.

Com informações da assessoria

O Governo do Amazonas informou, nesta quinta-feira (11/30, que vai ajustar o horário de funcionamento das feiras localizadas nos bairros. Segundo o Estado, esses espaços passarão a operar das 7h às 17h, a partir de segunda-feira (15/3).

As feiras abastecedoras, como a Manaus Moderna e Feira da Banana, continuam funcionando das 4h às 15h. As demais restrições, estabelecidas no Decreto 43.522, continuam valendo até o dia 21 de março.

Dados epidemiológicos

O governador do Amazonas, Wilson Lima, divulgou a informação, nesta quinta, durante a reunião semanal, por videoconferência, com representantes dos poderes e órgãos de controle.

No encontro, foram apresentados os dados epidemiológicos e da rede de assistência à saúde. “É importante para que todo mundo entenda todas as nossas ações e, também, como prova desse nosso compromisso de transparência, em todas as questões relacionadas à Covid-19”, disse o governador.

Na rede de saúde do Amazonas, a taxa de ocupação está em 54% em leitos clínicos e 83% em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes diagnosticados com Covid-19. A média móvel de casos caiu 29% e a de óbitos 50%, na comparação com 14 dias atrás.

Na reunião com representantes dos poderes e órgãos de controle, o governador destacou que participou, na manhã desta quinta, de audiência virtual da Comissão Temporária do Senado, criada para acompanhar as ações contra a Covid-19 (CTCovid19). Na ocasião, ele afirmou que o Amazonas planeja receber pacientes de outros estados, quando a taxa de ocupação de leitos de UTI diminuir.

“Assim que nós tivermos a segurança necessária, quando nossa taxa de ocupação de leitos de UTI diminuir, nós vamos receber pacientes de outros estados. Mas já começamos a construção do Projeto Gratidão, como retribuição do que eles fizeram pelo povo do Amazonas no momento mais difícil da pandemia”, disse Wilson Lima.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!