Manaus, 2 de dezembro de 2022

Festivais

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução Foto: Reprodução

Crianças indígenas cantam ‘Réquiem’, toada do Boi Caprichoso

Veja o vídeo que mostra as crianças indígenas cantando a música.

Por Stephane Simões

O Boi-Bumbá Caprichoso publicou, na noite de quarta-feira (3/2), em suas redes sociais, um vídeo em que crianças indígenas da aldeia Inhãa-bé cantam a toada ‘Réquiem’, do compositor Ronaldo Barbosa, lançada em 1996, no álbum ‘Criação Cabocla’. A música esteve presente em várias apresentações do bumbá, na arena do Bumbódromo. Veja o vídeo, ao final da matéria.

Segundo o bumbá azul e branco, ‘Réquiem’ significa prece aos espíritos. A toada fala sobre o retorno a uma província que fica à margem do Rio Solimões, mas também é identidade da tribo Omágua.

“Nos domínios de Ronaldo Barbosa, Réquiem revive a história de nossos ancestrais. O anúncio já é explícito, volta-se “aos que foram donos da terra”. Fala da luta e resistência indígena que o Boi Caprichoso sempre defendeu na arena do Bumbódromo”, destacou o bumbá.

Na publicação, o Caprichoso também chamou a atenção para os cuidados com as famílias, alertando sobre o atual cenário no Amazonas, por conta da pandemia da Covid-19, além dos constantes ataques aos povos indígenas.

“As crianças que cantam, decantam sua identificação com os discursos dos “antigos donos das penas”, que seguem vivos e presentes, mesmo em tempos pandêmicos e mortais. Vidas indígenas importam!”, acrescentou.

COMPARTILHE