Manaus, 8 de dezembro de 2022

Cultura

Foto: Henrique Silva/Semed
Foto: Henrique Silva/Semed Foto: Henrique Silva/Semed

Cigs recebe exposição em vinil que mostra pontos turísticos de Manaus

Mostra segue até 26 de outubro, de terça a sexta, das 9h às 16h.

Da Redação

O Centro de Instrução e Guerra na Selva (Cigs) está recebendo uma exposição em vinil que mostra pontos turísticos de Manaus. A mostra, que foi inagurada nesta quinta-feira (6/10), segue aberta ao público até o dia 26 de outubro, de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 16h, na Oca do Conhecimento Doutor Adalberto Carim.

A entrada para alunos das redes municipal e estadual é totalmente gratuita.

A exposição ‘Arte no disco: um olhar sobre Manaus’, promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), faz parte das comemorações no aniversário de 353 anos de Manaus.

Exposição em vinil no Cigs. Foto: Henrique Silva/Semed

“‘Arte no disco: um olhar sobre Manaus’ é alusiva ao aniversário de Manaus, que será no próximo dia 24, e a ideia é homenagear a nossa cidade, apresentando os principais pontos turísticos da capital e também os animais que são encontrados aqui na nossa fauna de uma forma sustentável e com uma proposta criativa”, explicou coordenadora-geral das Ocas do Conhecimento da Semed, Érica Amorim.

Para ter acesso à exposição, basta entrar em contato com a coordenação das Ocas do Conhecimento pelo número: (92) 98842-1245 ou pelo e-mail: ocasdoconhecimentoambiental@gmail.com.

‘Arte no disco: um olhar sobre Manaus’. Foto: Henrique Silva/Semed

Exposição ‘Arte no disco: um olhar sobre Manaus’

A mostra apresenta 30 obras feitas com disco de vinil pelo artista e professor da rede municipal, Alcemar Falcão. Ele é ilustrador, autor literário e artista plástico, desenvolvendo artesanato com uma grande variedade de materiais como papel, madeira, papelão, isopor, plástico, discos de vinil, dentre outros.

Com as obras do artista, espera-se que o público que comparecer à exposição possa ter um contato agradável com a criatividade, a valorização da cultura amazônica e a educação ambiental, catalisadas pela beleza e reflexão que só a arte pode proporcionar.

Professor da rede municipal, Alcemar Falcão. Foto: Henrique Silva/Semed

É a segunda vez que as obras do artista Alcemar Falcão são expostas em espaços das Ocas do Conhecimento. A primeira foi neste ano, na Oca do Conhecimento, localizada no mezanino do shopping Manauara. Segundo o artista, poder pela segunda vez expor suas obras em um espaço da oca representa um gesto de aceitação e aprovação do seu trabalho.

“Estar aqui representa um ato de reconhecimento e aceitação das minhas obras, porque é a segunda vez que me chamam, então eu entendo que eles gostaram. E é gratificante para mim, mostrar que dá para fazer um trabalho inovador, de cunho sustentável, bom e com pouca coisa. Então só fica com isso meu sentimento de gratidão”, falou.

Estreia da exposição em vinil. Foto: Henrique Silva/Semed

Estreia

O primeiro dia da exposição contou com a presença de 15 alunos da escola municipal Professora Gelcy Sena Abrantes, localizada no bairro Redenção, Zona Oeste de Manaus. Para Anathayla Lemos, 11 anos, aluna do 5º ano do ensino fundamental, a forma que o artista apresentou os pontos turísticos de Manaus foi bem criativa.

“Eu achei bastante criativo a forma que o artista expressou as belezas dos nossos pontos turísticos por meio de vinil”, frisou.

Outro aluno que participou da abertura oficial da exposição foi Calebe Souza, 10 anos, também do 5º ano. Ele ficou impressionado com as obras do artista Alcemar. “Nunca tinha visto algo assim, a Ponta Negra, a Praça Jeferson Peres, por exemplo, em um vinil. Gostei bastante”, disse.

COMPARTILHE