Manaus, 17 de junho de 2024

Cotidiano Baré

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução Foto: Reprodução

Deus perdoa. A internet, não!

Coluna comenta participação de blogueira em festa com aglomeração.

Por Rosianne Couto

A blogueira Raphaella Moura é bastante conhecida entre os internautas amazonenses por representar grandes marcas locais, como a Sapatinho de Luxo e a Bemol, por exemplo. Em dezembro e janeiro, sua notoriedade no campo virtual explodiu porque, juntando-se a outros influencers, mobilizou inúmeras pessoas para que as doações de oxigênio chegassem à rede pública hospitalar de Manaus.

Foto: Reprodução

‘MARIA SANTINHA’

Por ironia do destino, Raphaella já apareceu no Instagram oficial do cantor Wesley Safadão quando ele divulgava a música ‘Maria Santinha’. Hoje (28/3), o termo está caindo como uma luva para os webnautas que estão revoltados com uma atitude da moça.

‘FAÇA O QUE EU FALO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO’

E o que a Rapha fez? Foi na contramão de tudo que falou durante o tempo em que liderou um dos maiores movimentos de voluntariado na pandemia. O discurso ‘Fica em Casa’ caiu por terra na noite de ontem (27) quando, em uma festa privada e lotadérrima, a bela se esbaldava entre muito funk e muita bebida. Veja o vídeo, abaixo:

REPERCUSSÃO

Atacada, Raphaella apagou todos os stories que fez da ‘baladinha’ de ontem. Na última foto da moça, uma ‘publi’, os internautas a chamam de hipócrita, dizem que se sentem enganados pela jovem e, claro, falam que toda a ação dela durante a crise do oxigênio teve um motivo: likes e visibilidade. E é o que dá para pensar mesmo diante de tudo isso que ainda vivemos, não é mesmo?

AINDA NÃO ACABOU

O Amazonas ainda vive a fase laranja da pandemia. Na última quinzena, o Governo do Amazonas divulgou um vídeo alertando, de forma bem direta e objetiva, sobre as consequências que novas aglomerações podem ocasionar. Num dos trechos do vídeo, fala-se que “enquanto há aglomerações em festas, outras aglomerações acontecem nos hospitais e em cemitérios. Ou seja: mesmo com a flexibilização das atividades econômicas já anunciadas, é importante lembrarmos que o momento ainda requer atenção e cuidados referentes às medidas sanitárias determinadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Use máscara facial, abuse do álcool em gel e evite aglomerações.

Veja o vídeo do Governo do Estado contra festas clandestinas:

https://www.youtube.com/watch?v=5GQMBH34UbM

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!