Manaus, 5 de julho de 2022

Coronavírus

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação Fotos: Divulgação

Pandemia no AM: saiba quem recebe as doações e como ajudar

Oxigênio, insumos hospitalares e alimentos estão na lista.

Da redação

A crise causada pelo segundo pico de Covid-19 no Amazonas tem mobilizado diversos grupos, entre voluntários, influenciadores, instituições, shoppings e outras empresas, que têm atuado na realização de campanhas para arrecadação de recursos financeiros, insumos hospitalares, oxigênio, além de alimentos e produtos de higiene pessoal.

O Portal Edilene Mafra apurou e listou campanhas oficiais que estão recebendo essas doações. Na lista, está o próprio Governo do Amazonas, que criou um canal exclusivo para receber oxigênio.

Confira a lista, a seguir:

Ufam

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) está realizando uma ação, desde o dia 15 de janeiro, em apoio ao Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV/Ebserh). O projeto ‘Todo Apoio Vale Vidas’ busca arrecadar agulhas, ataduras, aventais, bolsa coletora, cateteres, colchão caixa de ovo, seringas e entre outros materiais hospitalares.

Para dar ajuda financeira, basta fazer uma transferência por meio do Pix 06284362000138. Outras informações sobre o projeto e pontos de coleta podem ser obtidas por meio dos telefones 99126-1388 e 99136-3802.

Shoppings

Os shoppings de Manaus se uniram ao projeto ‘Time do Bem’ para ajudar profissionais de saúde, pacientes com Covid-19 e familiares. Os empreendimentos estão arrecadando itens de alimentação e materiais hospitalares que estão em falta nas unidades de saúde do Amazonas.

Amazonas Shopping, Manauara Shopping, Manaus Plaza Shopping, Millennium Shopping, Shopping Ponta Negra, Sumaúma Park Shopping, Shopping ViaNorte e Studio 5 Shopping são os centros de compras que estão somando forças com o projeto.

As doações podem ser realizadas por meio do site ingresse.com, ou diretamente via PIX, para [email protected] ou o [email protected]. O projeto recebe doações físicas de alimentos, medicamentos e equipamentos hospitalares, por meio de um ponto, no Balneário do Sesc-AM, na Avenida Constantinopla, 288, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Quem não conseguir se deslocar até o ponto de coleta, poderá entrar em contato com o Time do Bem, que eles irão pegar as doações em casa. O contato pode ser feito pelo Instagram @timedobem_am, e-mail [email protected] ou telefone/WhatsApp (92) 99187-1859.

‘Norte pelo Norte’

Em Manaus, jovens se uniram para atender demandas urgentes dos hospitais da cidade, por meio do projeto ‘Norte pelo Norte’. Eles classificam as necessidades – entre elas, água, comida, itens hospitalares, oxigênio – conforme a urgência.

Os voluntários estão diariamente percorrendo os hospitais e Serviços de Pronto Atendimento (SPA), além de outros órgãos, para saber quais são as necessidades mais urgentes e tentar ajudar. A campanha começou com a banca Arco e Rap e ganhou apoio de outros artistas locais, além de pessoas de outros segmentos e de jovens e adolescentes que se juntaram a eles pelo Twitter.

Mais informações podem ser obtidas pelos perfis @luizmontts, @duda.raposo, @beadasmakes_, @bh_yann, @mav.vsc, @tadake7k, @arcoerap, @igorbriito_, @maludacio.

Igreja Chama Church

Membros da igreja Chama Church se uniram para ajudar bebês que estão internados em hospitais de Manaus, capital do Amazonas. A campanha busca arrecadar doações de fraldas, lenço umedecido, pomada e algodão.

Quem quiser ajudar, basta entregar um kit contendo, pelo menos, uma fralda, lenço umedecido, algodão e pomada, na sede da Chama Church, na Avenida Bispo Pedro Massa, Núcleo 5, Cidade Nova 2, ao lado da academia Live.

Mais informações podem ser obtidas pelo número (92) 99202-2498.

Aliança Covid Amazonas

A Aliança Covid Amazonas reforçou sua mobilização, com o pedido de doações de recursos e materiais.

Um canal de doação exclusivo foi criado e doações podem ser feitas pelo PIX 09351359000188 ou via cartão de crédito no link www.kickante.com.br/campanhas/sos-amazonas.

Desde abril do ano passado, a Aliança, coordenada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS), vem arrecadando doações já beneficiou mais de 350 mil pessoas em todo o Estado com o apoio estratégico da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema).

A FAS criou a ‘Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus’, durante o primeiro pico da pandemia no Amazonas. A instituição é articulada em parceria com 112 empresas, prefeituras e instituições. A ideia é ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar o atual cenário.

Sindicato da Construção Civil

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) está arrecadando os principais produtos em falta nos hospitais do Estado, por meio da campanha ‘Construção do Bem’.

Entres os itens arrecadados pelo sindicado estão conector em Y, fluxômetro de O2, manômetro de O2, umidificadores, máscara não reinalante e macacão Polybrim Light.

Para doações, é preciso entrar em contato com o superintendente do sindicato, Guilherme Castro, pelo número (92) 98216-6532.

Para transferência via Pix, o código é 00.092.072-01. Para doação via depósito, o doador pode realizar a operação por meio dos seguintes dados:

Agência: 1043
Op: 003
C/c: 4213-9
Caixa Econômica Federal
CNPJ: 04.535.704/0001-10.

Doações para artistas

Diante do segundo pico da pandemia da Covid-19 no Amazonas, a campanha ‘Alimente Nossa Arte’, voltada a ajudar os artistas amazonenses, retornou. A iniciativa está recebendo doações de cestas básicas e alimentos, no Teatro Amazonas, em Manaus. Empresários que participarem, poderão receber contrapartidas de artistas.

As entregas podem ser feitas de segunda a sábado, das 9h às 17h, pelo portão da lateral do Teatro Amazonas, que fica na Rua 10 de julho. As pessoas não precisam sair do carro, para que sejam as normas de segurança contra o contágio pela Covid-19.

Doações em dinheiro em qualquer valor poderão ser feitas por meio do PIX da Academia Amazonense de Música – 33.638.155/0001-07 ou via PayPal [email protected].

Central de Medicamentos do Estado

Para fazer doações para a Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), é preciso fazer primeiro o agendamento da entrega por meio dos telefones (92) 98404-1860, (92) 98126-5746, (92) 9213-5586 ou pelo e-mail [email protected].

Segundo o Governo do Estado, o agendamento é necessário para evitar aglomerações e garantir a prioridade de abastecimento dos insumos nas unidades. A lista de necessidades dos hospitais pode ser baixada no site da Secretaria de Estado de Saúde (http://www.saude.am.gov.br/painel/doacovid.php).

A Cema, unidade de apoio da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), é responsável por abastecer todas as unidades da rede estadual de Manaus e das demais cidades. Atualmente, a central trabalha com cerca de 1.300 itens, entre medicamentos e insumos hospitalares.

A Cema está localizada na Avenida Duque de Caxias, 1.998, bairro Praça 14, em Manaus.

Doações de oxigênio

O Comitê de Resposta Rápida de Enfrentamento da Covid-19, formado pelo Governo do Estado, em parceria com o Município de Manaus e o governo federal, criou um canal para concentrar as doações de oxigênio para as unidades de saúde do Amazonas.

Empresas e pessoas físicas, de Manaus ou de outros estados do Brasil, interessadas em doar oxigênio para o Estado, podem obter informações junto aos seguintes contatos: (92) 99220-2712, (92) 99455-2001, (92) 99182-8974.

A partir de então, servidores da Casa Civil irão atuar na articulação de recebimento e entrega desses donativos para os hospitais da rede pública estadual.

Comitê dos governos municipal, estadual e federal criou um canal para concentrar as doações de oxigênio. Foto: Divulgação/SES-AM

Nota da redação

O Portal Edilene Mafra, segmentado em cultura amazônica, criou a seção especial Coronavírus para divulgar informações sobre a pandemia na região. Com a editoria, o Portal busca atender a uma de suas propostas: atuar com responsabilidade social na Amazônia.

COMPARTILHE