Manaus, 5 de julho de 2022

Coronavírus

Fotos: Reprodução
Fotos: Reprodução Fotos: Reprodução

Artistas nacionais se unem para ajudar o Amazonas

Clubes de futebol também manifestaram apoio.

Por Stephane Simões

Artistas nacionais utilizaram suas redes sociais, nesta quinta-feira (14/01), para pedir ajuda ao Amazonas. Parte deles também ofereceu apoio e solidariedade, por conta da falta de oxigênio que afeta as unidades hospitalares em Manaus. Entre as personalidades estão Whindersson Nunes, Taís Araújo, Luciano Huck e Iza. Clubes de futebol também manifestaram apoio ao Estado.

Ao longo do dia, o assunto esteve entre os mais falados na internet. Hashtags como ‘Oxigênio Para Manaus’ e ‘SOSManaus’ estiveram entre os assuntos mais falados no Twitter. O Amazonas enfrenta uma crise ocasionada pelo segundo pico da pandemia de Covid-19.

O humorista Whindersson Nunes começou uma campanha em sua conta no Twitter para mobilizar outros artistas a doarem cilindros de oxigênio para o Amazonas.

Até as 19h40 da noite desta quinta, Whindersson já tinha conseguido 40 cilindros com 50 litros de oxigênio, doados pelos artistas Tirullipa, Tata Werneck, Simone e Tierry.

O apresentador Luciano Huck também apoiou a ação e disse que também doaria cilindros de oxigênio ao Amazonas.

A atriz Taís Araújo escreveu “OXIGÊNIO PARA MANAUS! A situação é desesperadora! Além de oxigênio os hospitais precisam de: Remoção URGENTE; máscaras; válvulas tipo Y; borrachas para colocar os oxigênios. Toda a ajuda e mobilização é bem vinda agora. #SOSManaus”.

A cantora Iza também se manifestou. “A situação em Manaus é desumana! Eles precisam de toda ajuda e mobilização nesse momento. #SOSMANAUS”, escreveu.

A cantora Joelma publicou uma mensagem. “OXIGÊNIO PARA MANAUS! A situação é desesperadora! Espero um posicionamento das autoridades!!!”, disse a artista paraense.

A apresentador e ex-BBB Vivian Amorim, o jornalista André Trigueiro e a atriz Paola Oliveira também se manifestaram.

Fotos: Reprodução

Clubes de futebol

Os times de futebol também manifestaram apoio e solidariedade ao Amazonas.

No Twitter, o Flamengo escreveu: “Ao povo de Manaus, fica aqui toda a nossa solidariedade neste momento tão complicado. Força! #OxigênioParaManaus”.

Também na página oficial do Twitter, o Corinthians publicou uma mensagem. “Fiel, é hora de chamar atenção para um assunto muito grave. #OxigênioParaManaus”.

Decreto

O governador Wilson Lima anunciou, nesta quinta-feira (14/01), que Manaus terá toque de recolher, entre 19h e 6h. Nesse horário, as pessoas estarão impedidas de circular pelas ruas da cidade, e somente profissionais que atuam em atividades consideradas essenciais poderão transitar.

A fiscalização começou na noite desta quinta.

Números atualizados da Covid no Amazonas

Nesta quinta, o Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 286, divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informou que 3.816 novos casos de Covid-19, em 24 horas. Agora, o Estado totaliza 223.360 casos da doença.

Foram confirmados 51 óbitos por Covid-19, sendo 44 ocorridos no ontem (13/01). Os outros sete óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial. Dessa forma, o Amazonas soma 5.930 mortes.

A Prefeitura de Manaus informou que um total de 198 sepultamentos foram registrados nos cemitérios de Manaus, ontem (13/01). Entre as causas das mortes do total de sepultamentos nos cemitérios públicos da capital do Amazonas, 59 foram declaradas como Covid-19, e sete casos suspeitos. Já nos espaços privados foram 28 registros de óbitos pelo novo coronavírus.

COMPARTILHE