Manaus, 28 de novembro de 2022

Cinema

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Festival de Cinema de Rondônia recebe inscrições de filmes produzidos no Brasil ou exterior

Cine RO será realizado entre 10 e 25 de março, pela internet.

Por Eliena Monteiro

O 1º Festival de Cinema de Rondônia (Cine RO) está com inscrições abertas. Podem participar filmes produzidos no Brasil ou no exterior. O evento será realizado entre os dias 10 e 25 de março de 2021, exclusivamente pela internet, e vai contar com a participar do ator Silvero Pereira. Leia o regulamento, ao final.

Édier William, criador e diretor do festival, conta que o Cine RO surgiu na pandemia da Covid-19, e que a realização é possível graças aos incentivos da Lei Aldir Blanc. “A lei que oportunizou um socorro à cadeia produtiva da cultura no país”, ressalta.

A intenção do projeto é contribuir com a cadeia produtiva e dar visibilidade ao cinema nacional no Estado de Rondônia. “No nosso Estado, temos pouquíssimos festivais de cinema ativos e, aqui, o cinema nacional vem muito timidamente. Nas salas de cinema, nós raramente recebemos filmes nacionais”, explica o idealizador.

Cena do curta-metragem rondoniense ‘O Medo das Árvores’. Foto: Divulgação

Segundo Édier William, o cinema nacional tem distribuição irregular de produções pelo país. “E quando se trata do Norte, da Amazônia, esses problemas aumentam. Estados amazônicos possuem uma dificuldade muito grande de receber esses filmes”, destaca.

O festival de Rondônia pretende dar visibilidade especial ao cinema independente, aquele feito com baixo orçamento. “A gente está buscando por filmes que tenham qualidade técnica impecável, mas também filmes que não se preocupem com a técnica, mas que tragam um filme com questões, com discussões importantes, urgentes e necessárias para a sociedade”, diz o organizador.

Quem pode participar

Podem ser inscritos filmes que foram produzidos no Brasil ou no exterior. No entanto, o regulamento exige que o filme seja falado em língua portuguesa ou tenha legenda em português. “Os longas não vão farão parte da mostra competitiva, e estamos aceitando apenas longas brasileiros”, esclarece o diretor do festival.

Se a produção se encaixar como curta-metragem, o filme deve ter duração mínima de 1 minuto e máxima de 26 minutos, considerando os créditos.

“No casos dos curtas-metragens, nós estamos aceitando de qualquer lugar do mundo, desde que tenha a legenda em língua portuguesa. E esses filmes vão fazer parte de uma mostra internacional, no caso dos internacionais e, no caso dos nacionais, farão parte de diversas mostras com diversas temáticas”, adianta o idealizador.

Para longa-metragem, a duração mínima é de 70 minutos, e a máxima, de 120 minutos.

Os trabalhos devem ter sido finalizados entre janeiro de 2019 e janeiro de 2021. As produções devem possuir resolução mínima de 1920 x 1080p (Full HD).

Festival está recebendo inscrições. Arte: Reprodução

Categorias

Os filmes precisam se encaixar em uma das seguintes categorias: Curta de Ficção, Curta Documentário, Curta de Animação, Curta Experimental, Curta Estudantil e Longa Metragem Nacional.

Inscrições

As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas até 23h59 do dia 20 de fevereiro de 2021, pelo site www.festcinero.com.

Cada diretor/produtor poderá inscrever até dois trabalhos.

Até este sábado (30/01), o festival já tinha recebido mais de 400 inscrições. “Estamos estimando que passaremos das 750 inscrições. Então, teremos uma diversificação de filmes e temáticas. Por isso, abrimos inscrições tanto para obras produzidas no Brasil quanto para obras produzidas fora do Brasil”, afirma Édier William.

Programação

O Cine RO será realizado de forma totalmente virtual, pelo site www.festcinero.com, de 10 e 25 de março deste ano.

No dia 10, ocorrerá a abertura do festival. Na sequência, o evento receberá uma oficina com Silvero Pereira, que interpretou o ‘Lunga’ no filme ‘Bacurau’, e Nonato, na novela ‘A Força do Querer’.

“Entre os dias 10 e 15, o festival ocorrerá apenas no modo de catálogo dentro do site. Nós disponibilizaremos todas as mostras paralelas no site. As pessoas acessarão, darão suas notas, e os filmes passarão por essa avaliação do público, e o filme melhor avaliado receberá o prêmio de júri popular”, diz o diretor do Cine Ro.

De 15 a 21 de março, será realizada a mostra oficial, com transmissão ao vivo pelo site e redes sociais do evento. “Teremos a exibição dos filmes e bate-papos após as exibições. No dia 21, teremos a premiação”, explica.

Édier William, criador e diretor do Cine RO. Foto: Reprodução

Prêmio

Os vencedores das categorias Melhor Filme de Ficção, Melhor Filme Documentário, Melhor Filme Estudantil e Melhor Filme eleito pelo júri popular ganharão, como prêmio, o troféu ‘Boto Rosa’, uma alusão à espécie de golfinho que habita os rios da Amazônia. “É o boto do nosso Rio Madeira tão resistente e tão sumido depois da construção das usinas”, ressalta Édier.

As áreas técnicas receberão certificados de participação. As produções de Rondônia que forem selecionadas receberão premiação em dinheiro. “Apenas obras rondonienses por se tratar de recursos provenientes da Lei Aldir Blanc”, diz o regulamento.

Dúvidas de qualquer sobre o Cine RO podem ser encaminhadas ao e-mail contato@festcinero.com.

“A gente pretende fazer uma grande festa do cinema, e gostaríamos muito que todo mundo se encontrasse entre os dias 10 e 25 de março, na plataforma e nas redes sociais do evento: Fest Cine RO e ou simplesmente Cine RO”, finaliza Édier.

Leia o regulamento aqui.

COMPARTILHE