Manaus, 3 de julho de 2022

Cinema

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Curta amazonense ‘O Cacto’ é selecionado para Festival Internacional de Cinema do Caeté

Filme é protagonizado por Wallace Abreu, que também assina o roteiro.

Neste sábado (10/10), a coordenação do Festival Internacional de Cinema do Caeté (FICCA) divulgou a lista dos filmes selecionados para a quinta edição do evento. Entre os curtas-metragens está ‘O Cacto’, filme de 16 minutos protagonizado pelo ator amazonense Wallace Abreu, que também assina o roteiro. O curta conta com a participação especial da atriz Rosa Malagueta.

Em 2020, o FICCA será realizado simultaneamente no Brasil e em Portugal, nos dias 8, 9 e 10 de dezembro. Segundo Francisco Weyl, coordenador do festival, todas as obras selecionadas passarão pelo crivo do Júri Oficial, sendo os melhores curtas-metragens contemplados com o Grande Prêmio Egídio Sales Filho.

“Para nós, é uma honra estar entre os selecionados para este festival. Um filme independente, produzido sem recursos públicos, feito somente com a garra e paixão dos envolvidos pela sétima arte”, destacou Wallace.

Curta pode ser classificado como um drama psicológico. Foto: Divulgação

Drama psicológico

Com produção da Hype Brazil e direção de Arnaldo Barreto, o curta-metragem ‘O Cacto’ narra a história de um homem que vive sozinho trancado em uma casa e isolado da sociedade. Ele passa a viver em função dos sons, falas e ruídos que vêm da casa ao lado.

Na avaliação do diretor do filme, Arnaldo Barreto, o curta pode ser classificado como um drama psicológico. “É uma história muito potente, focada principalmente no trabalho do ator na cena. É uma narrativa minimalista, sem falas, mas que chega com muita força até ao expectador pelo brilhante personagem que o Wallace Abreu conseguiu construir para este filme”, ressaltou o diretor.

A produção representou o Amazonas na primeira edição da Mostra Nacional de Cinema do Sesc, levando os prêmios de melhor direção, melhor direção de arte e melhor ator, na etapa regional, realizada no Amazonas.

O filme também conta com participação especial da atriz Rosa Malagueta (que também assina a direção de arte do filme), com direção de fotografia de Fabrício Carvalho e trilha sonora da Casa de Caba.

COMPARTILHE