Manaus, 6 de julho de 2022

Bares e Restaurantes

Foto: Diego Peres/Secom
Foto: Diego Peres/Secom Foto: Diego Peres/Secom

Estado e Abrasel discutem flexibilização para bares e restaurantes, no AM

Novo decreto que norteará econômicas sairá nesta sexta.

Da redação

O Governo do Estado e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amazonas (Abrasel) estão discutindo a flexibilização para bares e restaurantes. Nesta quinta-feira (4/2), representantes da entidade estiveram reunidos com o governador Wilson Lima.

A reunião aconteceu na sede do Governo, na Zona Oeste de Manaus. Por conta da crise da segunda onda da Covid-19 no Amazonas, o Governo restringiu o funcionamento das atividades econômicas, o que afetou o setor de bares e restaurantes. Os bares estão proibidos de abrir, e os restaurantes só podem atender na modalidade delivery.

Segundo o governador, o Estado busca reduzir os impactos da pandemia nas atividades econômicas, discutindo alternativas com o setor junto ao Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19.

“Estamos discutindo o que pode ser flexibilizado com segurança porque ainda não temos uma situação confortável do vírus no estado”, disse, sem especificar como será a flexibilização, caso ela ocorra.

Wilson Lima se reuniur com representantes da Abrasel, nesta quinta. Foto: Diego Peres/Secom

Na reunião desta quinta, o Estado e Abrasel discutiram alternativas de flexibilização e ações fiscais. Nesta quinta, o Estado informou que o novo decreto sairá nesta sexta-feira (5/2). É esse novo documento que norteará o funcionamento das atividades econômicas na próxima semana. A expectativa é que haja flexibilização de algumas atividades.

“O governador tem chamado para conversar e ele está avaliando o que a gente colocou aqui através dos pleitos”, disse o presidente da Abrasel, Fábio Cunha.

COMPARTILHE