Manaus, 13 de julho de 2024

Religião

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Igreja da Restauração inaugura novo templo e faz homenagem a Manaus da Belle Époque

Novo templo será inaugurado no domingo (13/3).

Com informações da assessoria

O Ministério Internacional da Restauração da Zona Centro-Sul de Manaus (MIR Centro-Sul) comemora, neste fim de semana, 11 anos de fundação. Para celebrar, a igreja prepara uma homenagem a Manaus da Belle Époque com programação artística neste sábado (12/3). O inauguração oficial do templo evangélico ocorrerá no domingo (13/3).

O templo fica situado no bairro Praça 14 de Janeiro, e a inauguração será realizada às 8h30, do domingo (13/3), com descerramento de placa em evento que deve reunir autoridades ligadas à cultura do Amazonas.

Igreja da Restauração homenageia Manaus da Belle Époque. Foto: Divulgação

Programação artística

Antes da inauguração do novo templo evangélico, há uma programação artística para o sábado (12/3).

As atividades serão realizadas a partir das 18h, na sede da denominação, na Rua Major Gabriel, 1.728, com apresentações de danças, teatro e desfile de trajes à caráter, que retratam o período da Belle Époque em Manaus.

“Há uma raiz, uma herança de riquezas em meio a tantos desafios. E, a igreja como ente social, busca retratar essas conquistas ‘reivindicando’ o resgate dessas riquezas por meio da preservação da nossa cultura. Outro ponto fundamental é não perder a memória da cidade que contribuiu de forma decisiva para a economia do Amazonas do final do século XIX e início do século XX com o ‘ouro branco’, a borracha”, lembra o apóstolo Arão Amazonas, líder do MIR Centro-Sul.

Arão também lembra que as reformas do novo templo da Restauração duraram quase dois anos. Desde o início das obras os engenheiros e arquitetos contratados foram instruídos, pela direção da igreja, a preservar as raízes do patrimônio histórico do Centro de Manaus, em especial da Belle Époque, que ocorreu entre os anos de 1871 a 1914.

“Essa herança não pode ser esquecida e jamais poderá sair da cabeça do nosso povo. Se depender de nós será preservada para sempre”, ressalta o líder do MIR Centro-Sul.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!