Manaus, 7 de agosto de 2022

TUDOPod

Foto: Dhyeizo Lemos
Foto: Dhyeizo Lemos Foto: Dhyeizo Lemos

David Almeida já anunciou nomes de 7 secretários para a Prefeitura de Manaus

Entre secretarias e fundações, David ainda não anunciou 13 nomes.

Da redação

Na semana que passou, o prefeito eleito David Almeida, o vice Marcos Rotta e 41 vereadores foram diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral Amazonas (TRE-AM). Até agora, David Almeida já anunciou os nomes de sete secretários para a Prefeitura de Manaus.

Ouça aqui a matéria:

A diplomação ocorreu na sexta-feira (18/12) e não teve a presença do atual prefeito Arthur Neto.

Na solenidade, o prefeito eleito, David Almeida, afirmou que vai continuar buscando o apoio de todos os poderes públicos para cumprir os compromissos firmados na campanha e trazer mais investimentos para a capital do Amazonas.

David Almeida, que tem acompanhado os trabalhos da sua equipe de transição, já anunciou sete secretários municipais até este domingo (19/12).

O vice-prefeito Marcos Rotta assumirá a pasta de Infraestrutura do município, a Seminf.

Luiz Gonzaga Campos de Souza irá comandar a Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef).

O coordenador geral da equipe de transição do novo prefeito, Tadeu de Souza, será o chefe da Casa Civil.

A Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) será coordenada pelo jornalista Emerson Quaresma.

Renato Junior vai dirigir a Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal.

Já a Secretaria de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) terá como titular Radyr Junior.

E Sabá Reis responderá pela Secretaria de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp).

Entre secretarias e fundações, David Almeida ainda não anunciou 13 nomes. O novo prefeito garantiu que os novos secretários serão conhecidos na próxima semana.

Diplomação

Em 2021, os eleitos em 2020 vão assumir as prefeituras e câmaras de vereadores. No Amazonas, o TRE-AM já começou a fase de diplomação dos prefeitos, vices e vereadores. A diplomação encerra o processo eleitoral e habilita o eleito a tomar posse no cargo. Lembrando que a posse será no dia primeiro de janeiro.

No Estado há uma exceção, o município de Coari, que terá até o dia 20 de janeiro para realizar novas eleições, já que Adail Filho, do Progressistas, teve o registro de candidatura cassado.

COMPARTILHE