Manaus, 3 de julho de 2022

Música

Foto: Michael Dantas/Secretaria de Cultura
Foto: Michael Dantas/Secretaria de Cultura Foto: Michael Dantas/Secretaria de Cultura

Amazonas Filarmônica vai apresentar concerto gratuito no Teatro Amazonas

Obras de Henrique Oswald e de Maurice Ravel serão destaque.

A Amazonas Filarmônica fará o concerto ‘Henrique Oswald & Ravel’ no Teatro Amazonas, na quinta-feira (15/10), a partir das 20h. A apresentação é gratuita, com agendamento pelo Portal da Cultura (bit.ly/oswaldravel).

As obras do compositor brasileiro Henrique Oswald (1852-1931) e do francês Maurice Ravel (1875-1937) serão destaque no concerto. O evento é promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Concerto

A Amazonas Filarmônica continua a usar um formato de música de câmara, sem maestro, com poucos músicos ao palco para evitar aglomeração.

A primeira obra apresentada será ‘Quarteto com piano n.2 em sol maior’, do compositor e diplomata brasileiro Henrique Oswald, interpretada por Giovanny Conte (violino), Rossini Rocha (viola), Anna Samokish (violoncelo) e um convidado do Coral do Amazonas, o pianista Renan Branco.

Em seguida, a violoncelista russa Anna Samokish (radicada no Amazonas desde 2014) é acompanhada pela harpista Noemi Mello para interpretaram três duetos: ‘Elegia’ (também de Henrique Oswald), ‘O Cisne’ (de Camille Saint-Saëns) e o envolvente ‘Canto do Cisne Negro’ (de Heitor Villa-Lobos).

O evento encerra com um septeto escrito pelo compositor francês Maurice Ravel. A composição surgiu quando a fábrica Érard, para concorrer com um fabricante de harpas chamado Pleyel, encomendou a Ravel uma peça que fizesse uso efusivo da harpa. O gênio francês escreveu, então, sua ‘Introdução’ e ‘Allegro’ para um grupo de sete músicos: harpa, flauta, clarinete, dois violinos, viola e violoncelo – no formato de um ‘concerto em miniatura’.

Para a obra de Ravel, os intérpretes serão Diana Todorova (harpa), Tatiana Gerassimova (flauta), Vadim Ivanov (clarinete), Irina Glibka e Svetlana Kozlova (violinos), Rani Mello (viola) e Adriana Velikova (violoncelo).

Protocolos

A Secretaria de Cultura informou que o Teatro Amazonas funciona com 50% da capacidade e o espaço adotou protocolos de segurança e saúde em prevenção à Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local.

O uso de máscara é obrigatório.

Visitação

O funcionamento do Teatro Amazonas para visitas turísticas permanece de terça a sábado, das 9h às 15h. O espaço permite grupos de visitas com até 20 pessoas para evitar aglomerações.

O agendamento para as visitas nos espaços culturais administrados pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa também é realizado on-line pelo link bit.ly/agendaespacos.

COMPARTILHE