Manaus, 20 de maio de 2022

Literatura

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram Foto: Reprodução/Instagram

Luciano Huck, Carpinejar e outras personalidades homenageiam Thiago de Mello

Amazonense morreu nesta sexta-feira (14/1), em Manaus.

Com informações da assessoria

O apresentador Luciano Huck, o escritor Fabrício Carpinejar e outras personalidades usaram as redes sociais para homenagear Thiago de Mello, que morreu nesta sexta-feira (14/1). O nome do poeta esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter e, também, recebeu menções de instituições como Memorial da América Latina.

O falecimento do ‘poeta da floresta’ foi destaque em diferentes veículos de comunicação. Entre eles, Folha de São Paulo, O Globo, Estadão, Uol e G1.

“O Memorial da América Latina lamenta profundamente a morte do poeta e parceiro de longa data desta Fundação, Thiago de Mello, aos 95 anos de idade”, diz o trecho da publicação no Instagram. “O Memorial presta solidariedade aos amigos, família e a todos os fãs deste grande poeta que nos deixou hoje”.

O apresentador Luciano Huck destacou o poema ‘Faz Escuro Mas Eu Canto’ no Twitter.

“’Faz escuro mas eu canto’, verso de ‘Madrugada Camponesa’, de 1965, nunca foi tão atual. O autor Thiago de Mello nos deixou hoje. Ícone amazônico, o amor pelo poeta era do tamanho do Brasil. Meu carinho aos amigos e familiares”, escreveu.

Autor de 48 livros publicados e 750 mil exemplares vendidos, Fabricio Carpinejar publicou trechos do ‘Os Estatutos do Homem’ no Instagram. “Não se morre mais depois de ler um poema de Thiago de Mello”, finalizou a homenagem.

Em homenagem, o escritor Fabricio Carpinejar publicou uma foto e trechos do ‘Os Estatutos do Homem’ nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

A atriz Letícia Spiller também usou o Instagram e o mesmo poema para falar de Thiago de Mello. “Silêncio, o poeta partiu!”, iniciou a publicação.

A jornalista Hildegard Angel enfatizou que a pior dor, a pior notícia é a morte de um poeta.

“Aquele em contato direto com as divindades, as forças da natureza, o âmago dos sentimentos. Aquele que nos inspira alento, esperanças, entusiasmo e confiança no que há de belo no Homem. Morreu nosso grande poeta Thiago de Mello”, lamentou.

Literatura

O escritor amazonense Elson Farias, autor da série ‘As Aventuras de Zezé’, usou o Instagram para falar do poeta.

“Hoje os céus recebem Thiago de Mello, amigo e grande poeta. Seu olhar sobre a Amazônia era único. Ele morreu, no entanto, sua poesia irá renascer na literatura brasileira. Minhas sinceras condolências à família e amigos”.

A jornalista Mazé Mourão, membro da Academia Amazonense de Letras, publicou no Instagram uma foto do amazonense com o cantor Gilberto Gil e a legenda “Manaus chora a sua partida eterna, poeta Thiago de Mello, mas o Plano Superior ganha a sua escrita, a sua inteligência, o seu saber!”.

“Thiago de Mello, cidadão do mundo, foi uma pessoa que jamais esqueceu suas origens. Barreirinha era seu mundo, era a sua vida, o mundo que ele cantava e escrevia sobre isso sempre”, disse.

O escritor Daniel Munduruku, autor de 56 livros, vencedor dos prêmios Jabuti e Unesco para Tolerância, comentou a morte de Thiago de Mello no Twitter.

“O lorde Thiago de Mello nos deixou…Deixou? Não. Deixou saudades. Deixou poesia. Deixou sonhos. Deixou esperanças. Deixou a lembrança de que “Faz escuro, mas eu Canto”. Sua ausência faz escuro … Sua arte, nos traz Luz. Bom descanso, Guerreiro”, destacou.

COMPARTILHE