Manaus, 7 de outubro de 2022

Geral

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Jardinagem vira aliada no isolamento social e procura por plantas cresce no AM

Público interessado no hobby vai de jovens até pessoas mais velhas.

Da redação

Uma opção que tem ganhado adeptos nesses tempos de isolamento social é a jardinagem. No Amazonas, as floriculturas têm registrado um aumento na procura pelo cultivo de plantas nesse período de quarentena.

A fisioterapeuta Thais Vignola passou a se dedicar ao hobby há quatro meses. Por ser asmática e fazer parte do grupo de risco, ela tem cumprido o isolamento social rigorosamente. “Minha família mora em outro estado e o fato de estar longe, aliado ao medo que todos têm em relação a essa doença, aumenta a angústia”, diz.

Jardinagem virou aliada durante o isolamento. Foto: Divulgação

Com o isolamento, Thais precisou incluir novas atividades na rotina. Foi daí que surgiu a ideia do cultivo de plantas. “Comecei com uma e agora já tenho um pequeno jardim com bonsais e suculentas. Recebi toda a orientação na floricultura e estou bem feliz com esse hobby”, relata.

O empresário Marcos Medeiros, proprietário da Flora Bem Me Quer, que funciona no Amazonas Shopping, conta que os clientes relatam que essa atividade tem trazido muitos benefícios para a saúde mental. “É uma maneira de ocupar o tempo e se sentir ativo durante o isolamento”, ressalta.

Cultivo de plantas cresceu no Amazonas, na quarentena. Foto: Divulgação

De acordo com Marcos, o público que busca essa atividade está bem diversificado – vai de jovens até pessoas mais velhas. Os jovens procuram por opções que exigem pouca manutenção, como as suculentas e cactos. Já os mais velhos preferem plantas mais tradicionais, como as samambaias.

Por ser um serviço considerado essencial, a Flora Bem Me Quer está funcionando para atendimento presencial, das 8h às 18h, próximo do supermercado Carrefour. A floricultura além de ter diversas opções, ainda orienta os clientes sobre os cuidados com as plantas e flores.

Público que busca por plantas é diversificado. Foto: Divulgação

COMPARTILHE