Manaus, 16 de julho de 2024

Geral

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução Foto: Reprodução

Co-fundador da Bemol, Saul Benchimol morre aos 87 anos

Saul Benchimol é co-fundador das empresas Bemol e Fogás.

Da redação

O empresário e professor Saul Benchimol morreu aos 87 anos, neste domingo (13/2), em Manaus. Ele é co-fundador Bemol. O grupo empresarial divulgou nota de pesar pelo falecimento. Amigos e autoridades locais também lamentaram.

Nascido em Manaus em 14 de agosto de 1934, Saul Benchimol é co-fundador das empresas Bemol e Fogás juntamente com seus irmãos Samuel Benchimol e Israel Benchimol.

Destaque no ramo empresarial e também na educação, Saul atuou como professor universitário e foi membro da Academia Amazonense de Letras, onde ocupou a cadeira número 11.

Ele também recebeu diversas homenagens, como o Mérito Legislativo conferido pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), entre outras.

De acordo com a Bemol, Saul era apaixonado pela Amazônia e foi voz importante pela preservação e pelo desenvolvimento da região. “Sua grande perda é motivo de pesar para a Bemol que se inspira em sua sabedoria, carisma e conhecimento. Sua ausência deixa saudosos familiares, amigos e conhecidos”, finaliza a nota de pesar da empresa.

Saul Benchimol entre os deputados Roberto Cidade e Serafim Corrêa. Foto: Divulgação/Aleam

Amigos e autoridades lamentam

O deputado estadual Serafim Corrêa lamentou a morte. “Ele foi meu professor nos anos 60, no tornamos amigos e ele foi meu conselheiro por toda a vida. Tive dele ainda na Faculdade um gesto de amizade, solidariedade e coragem que jamais será esquecido. E desde lá em vários outros momentos ficou ao meu lado, mesmo quando discordava da minha atitude, mas vinha em meu socorro sugerindo saídas. Agora, não apenas eu perco. Perde a sua família, os seus amigos, que eram muitos, a academia, o mundo empresarial e o Amazonas como um todo”, escreveu, nas redes sociais.

Velório e sepultamento

De acordo com informações da Bemol, o velório foi fechado para familiares. O sepultamento ocorreu em um cemitério judeu localizado dentro do Cemitério São João Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!