Manaus, 24 de junho de 2024

Festival de Parintins

Fotos: Reprodução/Facebook
Fotos: Reprodução/Facebook Fotos: Reprodução/Facebook

‘Festival de Parintins 2024’ terá transmissão da Rede Globo

Emissora vai transmitir pelo Globoplay, Multishow e Globo Internacional.

Com informações da assessoria

O ‘Festival de Parintins 2024′ terá transmissão da Rede Globo, após acordo com bois Caprichoso e Garantido. A emissora vai transmitir as três noites pelo Globoplay, Multishow, Globo Internacional e canal aberto para os estados da região Norte.

A TV A Crítica também seguirá com a transmissão, como tem acontecido nos últimos anos.

O festival de 2024 acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de junho de 2024.

Fotos: Reprodução/Facebook

DECISÃO DA TRASMISSÃO

O martelo para ampliar a transmissão do evento foi batido na tarde desta quinta-feira, 2 de maio de 2024.

A reunião contou com a presença dos presidentes dos bumbás, Rossy Amoedo (Caprichoso) e Fed Goés (Garantido), além do governador Wilson Lima e representantes da emissora da Rede Globo.

“É importante porque dá a possibilidade do festival ser mostrado a nível nacional e internacional e não é só a festa pela festa, mas o que a gente coloca ali na arena, são as nossas raízes culturais, o apelo do negro, do indígena, do caboclo, a arte que é feita na Amazônia. É a história da Amazônia sendo contada por quem mora na Amazônia”, destacou Wilson Lima.

TRASMISSÃO DO EVENTO

A TV Globo vai transmitir as três noites do ‘Festival de Parintins 2024’ pelo Globoplay, plataforma de streaming do grupo, canal por assinatura Multishow, Globo Internacional e Rede Amazônica, em canal aberto, para os estados da Região Norte.

Além disso, serão produzidos programas especiais, para a programação nacional da emissora, no período pré e pós festival.

A TV A Crítica seguirá o trabalho de transmissão que já vem realizando, com a apresentação ao vivo dos bumbás na TV aberta, em plataforma de streamings, além da cobertura da festa nos demais veículos do grupo de comunicação, como emissora de rádio, internet e jornal impresso.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!