Manaus, 3 de dezembro de 2021

Festivais

Fotos: Reprodução/redes sociais
Fotos: Reprodução/redes sociais Fotos: Reprodução/redes sociais

Presidentes dos bois Garantido e Caprichoso desmentem fake news sobre realização do Festival em 2021

Antonio Andrade e Jender Lobato descartam possibilidade. Ouça.

Por Eliena Monteiro e Edilene Mafra

O Festival de Parintins não será realizado em 2021. Procurados pelo Portal Edilene Mafra, nesta quarta-feira (1º/9), os presidentes dos bois Garantido e Caprichoso descartaram essa possibilidade. A redação apurou a informação após a divulgação de fake news que indicavam a realização do evento ainda este ano. Ouça os áudios dos presidentes dos bumbás, ao final da matéria.

O presidente do Boi Garantido, Antonio Andrade afirmou que, em 2021, o bumbá não participará de festas com presença de público. “Um evento agora com público seria colocar em risco o festival do próximo ano. Então, não vai ter festival. Essa notícia não é verdadeira”, disse o presidente do boi vermelho e branco.

Segundo Andrade, os eventos planejados para este ano seguirão o modelo da Live Parintins 2021, realizada em junho. “Qualquer coisa que for feita deve ser no molde da live que nós fizemos no dia 26 [de junho de 2021], com todos aqueles cuidados. Tanto que todo mundo foi testado antes, só entrou para fazer essa live quem estava negativado”, lembrou Andrade, afirmando que não houve registro de Covid-19 nos participantes do evento após live no Bumbódromo.

Os bois Garantido e Caprichoso realizam o Festival de Parintins. Fotos: Reprodução/redes sociais

Jender Lobato, presidente do Boi Caprichoso, também desmentiu a fake news compartilhada recentemente. “Essa notícia de que nós realizaríamos o festival em 2021 não é verdadeira. A gente não tem como fazer uma festa do tamanho do Festival de Parintins ainda nessa situação de pandemia”, afirmou o presidente do touro negro.

O dirigente azulado destacou que realização do Festival de Parintins requer muito esforço. “Uma festa do porte de Parintins não tem cabimento nem ser pensada, quanto mais realizada nesse período. Então, não existe essa possibilidade e essa notícia é uma notícia equivocada, que eu não sei de onde saiu, mas, nós não pensamos e nós não iremos fazer um festival agora em 2021”, ressaltou.

Jender Lobato e Antônio Andrade, presidentes dos bois Caprichoso e Garantido, respectivamente. Fotos: Divulgação

Festival x vacinação

Os dois presidentes lembraram que a vacinação tem avançado no Estado do Amazonas e na cidade de Parintins. No entanto, eles alertaram que ainda é preciso cautela.

“A gente sabe que as coisas estão melhorando, graças a Deus. A vacinação aqui no nosso Estado está avançando; em Parintins, está avançando. Mas, a gente ainda não tem como pensar em realizar um festival”, disse Jender Lobato.

Para Antonio Andrade a realização do festival em 2021 colocaria a edição de 2022 em risco. “Nós já começamos a vencer essa luta aqui em Parintins. Você tem poucos casos de Covid-19; já estão sendo vacinadas pessoas de 12 anos para cima. Então, a gente avançou bastante. Se avançamos, nós não podemos jogar fora tudo o que se conquistou até agora e com muito sacrifício”, destacou.

Festival em 2022

Com o avanço da vacinação e diminuição de casos de Covid-19 no Amazonas, tudo indica que o Festival Folclórico de Parintins voltará em 2022, mas as autoridades responsáveis pelo evento ainda não confirmaram a realização.

“A garantia de que a nossa festa de boi vai voltar é exatamente a vacina. Por isso, todos têm que se vacinar. Você que tem de 12 anos para cima, vá se vacinar. Com isso, você está ajudando Garantido e Caprichoso – porque são os dois bois que fazem o festival – a fazer o festival do próximo ano. No próximo ano, sim, estamos nos preparando e acreditando que vai haver festival. Nós só temos que tomar todos os cuidados para que isso realmente tenha condições de se realizar”, finalizou Antonio Andrade.

Áudios

Ouça o áudio em que o presidente do Caprichoso, Jender Lobato, descarta a realização do Festival de Parintins em 2021:

Ouça o áudio em que o presidente do Garantido, Antonio Andrade, descarta a realização do Festival de Parintins em 2021:

COMPARTILHE