Manaus, 7 de agosto de 2022

Festivais

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação Fotos: Divulgação

Faltam 10 dias para o Festival de Parintins 2022

Festival de Parintins será entre os dias 24 e 26 de junho.

Da redação

Faltam 10 dias para uma das maiores manifestações culturais do Amazonas, o 55° Festival Folclórico de Parintins. Os bois-bumbás Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar entre os dias 24 e 26 de junho de 2022, na arena do Bumbódromo, em Parintins.

Não há mais ingressos disponíveis para o evento.

O Festival de Parintins 2022 volta a ser realizados após dois anos de paralisações por conta da pandemia da Covid-19.

Neste ano, o Boi Caprichoso vai levar para a arena o tema ‘Amazônia, nossa luta em poesia’. Já o boi-bumbá Garantido, busca o bicampeonato com o tema ’Amazônia do Povo Vermelho’.

Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar entre os dias 24 e 26 de junho de 2022, na arena do Bumbódromo, em Parintins. Fotos: Divulgação

Ingressos para o Festival de Parintins de 2022

Não há mais ingressos disponíveis para o Festival de Parintins 2022.

Já os ingressos do Festival de Parintins comprados em 2019 para o Festival de 2020 serão válidos para a edição de 2022, conforme informações da Amazon Best.

A empresa Amazon Best é a única operadora oficial de ingressos para o Festival de Parintins 2022.

Mais informações oficiais pelo site (https://www.festivaldeparintins.com.br/) e nos perfis do Instagram (@ParintinsOficial) / (@Amazon.Best).

Festival Folclórico de Parintins

O nome da festa vem do lugar onde ela acontece – Parintins, às margens do rio Amazonas, a 420 quilômetros de Manaus. O festival mantém uma rivalidade iniciada há quase cem anos, quando dois grandes grupos, os ‘bois’, começaram a representar nas ruas da Ilha Tupinambarana o folclore do boi-bumbá, uma variação do bumba-meu-boi nordestino.

No início, a disputa era informal e acontecia no Centro da cidade de Parintins. A festa cresceu e virou uma superprodução com a construção do ‘Bumbódromo’, uma arena onde acontecem as apresentações.

Nas três noites de disputa, o espetáculo chega a atrair mais de 100 mil pessoas, além dos milhares de telespectadores, que acompanham as transmissões ao vivo.

Bois-bumbás

O primeiro boi a representar essa história foi o Garantido, fundado em 1913. Nove anos depois, em 1922, apareceu o boi Galante, renomeado como Caprichoso em 1925.

O Garantido usa a cor vermelha e o Caprichoso usa o azul.

Lenda da Mãe Catirina

Com fantasias, músicas e alegorias, os bois encenam a lenda da Mãe Catirina, uma mulher que estava grávida e com desejo de comer língua de boi. Para satisfazê-la, seu marido, Pai Francisco, sacrifica o boi favorito do patrão, que ameaça matá-lo. Quem salva Pai Francisco da morte é o Pajé, que ressuscita o boi antes da tragédia acontecer.

Toda a lenda é ambientada no contexto da Amazônia: os povos indígenas, as criaturas e toda a mística do maior bioma do planeta.

*Fonte: Amazon Best

COMPARTILHE