Manaus, 3 de julho de 2022

Festivais

Jender Lobato, presidente Boi Caprichoso. Foto: Reprodução
Jender Lobato, presidente Boi Caprichoso. Foto: Reprodução Jender Lobato, presidente Boi Caprichoso. Foto: Reprodução

Caprichoso tem 2 projetos aprovados pela Lei Aldir Blanc e recebe R$ 400 mil

Valor vai para projeto musical e criação do Centro de Memória do Boi.

Da redação

O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, anunciou, na noite desta sexta-feira (20/11), que o bumbá teve dois projetos aprovados por meio da Lei nº 14.017, conhecida como Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. A agremiação foi contemplada com auxílio financeiro no valor de R$ 400.000,00.

Metade do valor (R$ 200 mil) vai para um projeto musical, sob coordenação do conselheiro de arte Márcio Braz, que, segundo o Caprichoso, será anunciado em breve. A outra parte será destinada à criação do Centro de Documentação e Memória do Boi Caprichoso. Este último tem a coordenação do professor Diego Omar, membro do Conselho de Arte do Boi Caprichoso.

“Nos orgulhamos muito dessas aprovações, pois além da grandeza dos projetos, o repasse chega em um momento oportuno, quando enfrentamos uma das maiores crises de nossa história. Tenho certeza que o torcedor vai se orgulhar de cada um deles”, disse Jender.

O anúncio foi feito em transmissão simultânea no Facebook e Instagram. Na ocasião, Jender abordou temas artísticos e administrativos para dar continuidade aos preparativos para o Festival Folclórico de Parintins 2021.

Na área administrativa, o presidente explicou que o escritório social, para atendimento aos sócios e torcedores, será reinaugurado em breve. “Conseguimos dar uma nova roupagem ao espaço. Com isso, o atendimento ao público será aprimorado e dessa maneira conseguiremos oferecer maior comodidade a nação azul e branca”, afirmou.

Novo levantador de toadas

A live teve a participação do presidente do Conselho de Artes, Ericky Nakanome, que falou sobre o processo de escolha do novo levantador de toadas do bumbá. Sem dar pistas sobre o nome do artista, ele assegurou que se trata de uma voz com a cara do Boi Caprichoso. “A nação azul e branca pode ficar tranquila, no momento certo, vamos divulgar”, enfatizou.

Como anunciado no início da semana, o presidente reforçou a parceria com a Suvinil, e disse que ela será fundamental para a reforma dos espaços culturais do bumbá, como o Curral Zeca Xibelão, por exemplo. “É mais uma parceria de sucesso. [É] uma empresa que tem nossa confiança e vai caminhar lado a lado conosco na construção do nosso espetáculo”, ressaltou.

COMPARTILHE