Manaus, 7 de outubro de 2022

Festivais

Foto: Arleison Cruz/Boi Caprichoso
Foto: Arleison Cruz/Boi Caprichoso Foto: Arleison Cruz/Boi Caprichoso

Boi Caprichoso promete realizar maior live do Brasil em forma de ópera

A festa apresenta, no sábado (5/12), a nova voz azul e branca.

Da redação

O Boi Caprichoso disse, nesta quarta-feira (2/12), que está organizando a maior live do Brasil em forma de ópera. O espetáculo ‘Ópera Amazônia – A Festa do Povo Caboclo’ ocorrerá no próximo sábado (5/12). Na festa, será apresentada a nova voz azul e branca, o levantador de toadas.

O evento terá transmissão ao vivo, direto de Parintins, pelo canal oficial do bumbá no Youtube e pela TV A Crítica.  

“A cenografia é gigantesca e dinâmica, algo nunca antes apresentado em uma live no Brasil”, destacou o diretor artístico do Caprichoso, Edwan Oliveira, que integra a coordenação do espetáculo ‘Ópera Amazônia – A Festa do Povo Caboclo’.

Foto: Arleison Cruz/Boi Caprichoso

Para concretizar o espetáculo, a diretoria azul reuniu um time especial, talentos formados na Escola de Arte Irmão Miguel de Pascale. Quase 20 artistas trabalham para criar um verdadeiro teatro em meio à grande floresta para ser o palco da festa.

A coordenação desse setor fica a cargo do diretor de concentração e membro do Conselho de Arte, Zandonaide Bastos. “Nosso objetivo é alinhar ousadia e segurança para, dessa maneira, assegurar um espetáculo grandioso, dinâmico, dentro das normas técnicas. Muitas surpresas vão surgir, durante o show. Eu tenho certeza de que o torcedor ficará orgulhoso”, disse.

Ao contemplar o projeto final do evento, o compositor e membro do Conselho de Arte, Ronaldo Barbosa, se emocionou. Ele afirmou que tudo caminha para ser um dos maiores eventos já realizados pelo Boi Caprichoso.

“Quando tudo se alinhar, todas as partes se conectarem, o espetáculo será único, um show de luzes, cores, formas e sons. Uma verdadeira ópera para receber a nova voz do povo azul”, prometeu. 

Elenco especial 

O elenco – formado por músicos, dançarinos, artistas, apoio técnico, galera, assessores, conselheiros e diretores – reúne um time aproximado de 200 pessoas. De acordo com Edwan Oliveira, os cuidados com a higienização são redobrados e todos os esforços assegurados para evitar aglomerações durante o show.

“A ideia é trabalhar com o revezamento das equipes, em blocos, para que não haja nenhum problema com relação a agrupamentos. Também ficou definido que todos usarão máscaras, receberão álcool em gel. Só para se ter uma ideia, os integrantes da galera irão atuar com luvas para certificar a segurança de todos”, informou.  

O espetáculo será composto por 80 dançarinos, 20 músicos, 20 torcedores, 30 pessoas como apoio técnico (transmissão, luz e som), além dos membros da diretoria, Conselho de Arte e demais assessores. A live foi organizada para permanecer no ar durante três horas.

COMPARTILHE