Manaus, 18 de julho de 2024

Dança

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

‘Arte Sem Fronteiras’ seleciona bailarinos para o Festival de Parintins 2022

Cia de dança fará parte do espetáculo apresentado pelo Boi Garantido.

Com informações da assessoria

A Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras em Manaus está selecionando bailarinos para o espetáculo ‘Amazônia do Povo Vermelho’, que será apresentado pelo Boi Garantido no Festival de Parintins 2022. A seletiva será realizada no domingo (8/5), na sede da companhia, localizada na Avenida Duque de Caxias, Praça 14 de Janeiro, Zona Sul, a partir das 14h.

O grupo busca pessoas acima de 18 anos para compor uma celebração afro na arena do Bumbódromo, em Parintins. As inscrições são gratuitas.

O coreógrafo Wilson Júnior, fundador da companhia de dança, diz estar preparando um espetáculo para somar com o projeto ‘Amazônia do Povo Vermelho’.

Boi Garantido e Wilson Júnior. Foto: Divulgação

Recém-contratado do Boi Garantido, Wilson destacou que esse é um novo desafio da carreira.

“Fiquei muito feliz com a confiança depositada pelo presidente Antonio Andrade e toda a direção do Boi Garantido. Recebo tudo com gratidão e torço para fazer o melhor trabalho daqui pela frente. Eu tenho conhecimento de que a galera vermelha e branca gosta de grandes espetáculos e todos podem ter certeza que não vai faltar empenho e dedicação do grupo”, disse.

Seletiva

Para mais informações sobre a seletiva, o interessado deve entrar em contato pelo número (92) 98130-6571.

Wilson Júnior

Natural de Manaus, Wilson Júnior é graduado em Dança pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e tem mais de 20 anos dedicados à cultura popular. O artista vem representando o Amazonas com trabalhos de projeção da cultura popular do Norte do Brasil em eventos como o Festival de Dança em Joinville (SC) e o Toronto Brazilfest, no Canadá.

O coreógrafo também participou como oficineiro no Internacional Samba Congress de Los Angeles.

Atualmente, o produtor cultural Wilson Júnior faz Mestrado Profissional em Dança na Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras

Fundada em 2008, a Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras conquistou respeito e seu espaço no universo da dança ao longo dos anos. Em 2021, o grupo conquistou o segundo lugar da categoria Duo Sênior – Danças Populares no Festival de Dança de Joinville.

Já trabalhou ao lado de artistas como Klinger Araújo (In Memorian), Márcia Siqueira, Lucilene Castro, Zezinho Corrêa (In Memorian) e James Rios.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!