Manaus, 20 de setembro de 2021

Cultura

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram Foto: Reprodução/Instagram

Márcia Novo ganha homenagem em São Paulo e tem rosto grafitado em mural

Criação é da artista urbana Chermie Ferreira, que é manauara.

Da redação

A cantora Márcia Novo ganhou um mural em sua homenagem no Estado de São Paulo. Criação da artista urbana Chermie Ferreira, a obra ‘Amazônia é o universo’ foi produzida a partir da técnica de grafite. A imagem reproduz o rosto da cantora amazonense, em frente à sua inseparável guitarra, e apresenta elementos amazônicos.

Márcia compartilhou a homenagem, em suas redes sociais, e agradeceu à artista. “Chermie obrigada por me escolher, que honra ter um mural lindo em SP e ainda mais grafitado por uma MULHER, talentosa, guerreira e aguerrida como você. Gratidão pelo presente, A Amazônia é o universo!”, disse.

Márcia Novo ganhou homenagem em São Paulo e tem rosto grafitado em mural Foto: Reprodução/Instagram

Chermie também publicou a imagem do mural e destacou, nas redes sociais, que a homenagem é para uma “artista, amazonense, aliada a luta dos povos indígenas e da Amazônia”.

A artista também descreveu os elementos que compõem a obra: o planeta terra, folhas, flores, a imagem de uma cobra representando a lenda da ‘Cobra Grande’, e a releitura da imagem da cantora Márcia Novo. “Uma mistura de quão lindo é a nossa Amazônia, e que dentro dela é um universo que vai de folhas a contos, vai de animais até pessoas incríveis”, escreveu no post.

Mural

A obra, que tem como tema ‘Amazônia é o universo’, foi desenvolvida durante a segunda edição do Festival do Projeto Grafitar, realizada no último domingo (25/7). Chermie, que também utiliza o codinome Wira Tini, foi uma das artistas convidadas a participar do festival.

O mural está situado na Avenida Feres Nacif Chaluppe, em frente à estação da cptm, no município de Itapevi (SP), para quem quiser prestigiar e tirar fotos no local. O espaço também reúne trabalhos de outras artistas.

Imagem reproduz o rosto da cantora e apresenta elementos amazônicos. Foto: Reprodução/Instagram

Artista Chermie Ferreira

Chermie Ferreira, que também é Sara de nascimento, é uma artista manauara, que adotou esse nome em referência a um peixe amazônico. Recentemente, ela se tornou ainda Wira Tini, que língua Kokama quer dizer ‘pássaro branco’.

As obras de Chermie destacam-se por fazer menção as suas raízes ancestrais. Elas também retratam a força da menina, uma inspiração pelo legado deixado por sua mãe, avó e todas as mulheres de sua família.

Reconhecida nacionalmente e radicada em São Paulo desde 2018, a artista já participou de diversos eventos de grafite, como o ‘I Festival de Graffiti Feminino da região Norte’. Em 2016, criou a plataforma de divulgação digital de trabalhos de mulheres, o ‘Graffiti Queens’, e também criou a primeira revista de graffiti feminina em meio físico.

Um dos seus trabalhos mais recentes idealizou e organizou o ‘Festival Yapai Waina’, que siginifica ‘levanta mulher’, em Kokama. Foi o primeiro Festival Internacional de Graffiti com foco nas artistas plásticas do Amazonas e foi realizado de 13 a 15 de maio, na cidade de Presidente Figueiredo, no Amazonas.

Atualmente, está na exposição ‘COLETIVA 20.21’ na Galeria do Largo, no Centro de Manaus. É também artista residente da ‘ZIV Gallery’, no Beco do Batman, na cidade de São Paulo.

COMPARTILHE