Manaus, 8 de dezembro de 2022

Coronavírus

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Voluntária em projeto social, Maria Gadú agenda retorno para Manaus

Cantora se uniu a Thelma (BBB 20) e ao 'Respira Amazonas'.

Da redação

A cantora Maria Gadú esteve em Manaus nesta semana, e deve retornar na próxima semana. Na capital, ela se uniu à médica Thelma Assis, campeã do Big Brother Brasil (BBB 20), e a um time de voluntários. Juntos, eles estão organizando e distribuindo doações neste segundo pico de pandemia no Amazonas.

Gadú passou a fazer parte do movimento ‘Respira Amazonas’. O grupo está recebendo doações para compra de cilindros, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), alimentos e outros itens de necessidade para o Estado.

Maria Gadú e Thelma Assis ao lado de voluntários do ‘Respira Amazonas’, entre eles Vito Israel. Foto: Divulgação

Na segunda-feira (25/01), a cantora informou que 1 mil pessoas estavam esperando por cilindros de oxigênio. “Nosso time incansável, organizando doações e preparando as ações! Não deixem de doar. Toda região amazônica está em colapso. Muitas, muitas mortes. Mais de 1000 pessoas esperando oxigênio, falecendo em casa, nos hospitais, a caminho do nada. Falta tudo. Oxigênio, comida, material de higienização (álcool, sabão), EPIs. Se o norte não respira, o país inteiro perde o ar”, escreveu.

Maria Gadú no Parque das Tribos, em Manaus. Foto: Divulgação

Na passagem por Manaus, a artista esteve no Parque das Tribos – uma comunidade formada por povos indígenas de 35 etnias. Com o sistema de saúde de Manaus em colapso, o Parque das Tribos criou sua própria unidade de saúde, e está recebendo doações para indígenas afetados pela Covid-19. ” Fortalecida aqui com a presença da parenta @mariagadu”, disse a Vanda Ortega Witoto, primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Amazonas.

Maria Gadú retornou para São Paulo, onde tem compromissos. Conforme informações do movimento ‘Respira Amazonas’, a cantora voltará à capital do Amazonas na próxima semana.

Maria Gadú no Parque das Tribos, em Manaus. Foto: Divulgação

COMPARTILHE