Manaus, 5 de julho de 2022

Coronavírus

Foto: Secom/Divulgação
Foto: Secom/Divulgação Foto: Secom/Divulgação

Governadores vão doar 5% de vacinas contra Covid-19 ao AM, anuncia Wilson Lima

Proposta valerá para doses da AstraZeneca e da Coronavac.

Da redação

Os governadores do Estados brasileiros decidiram que 5% das doses dos próximos lotes de vacinas contra Covid-19 serão destinados ao Amazonas. A informação foi divulgada pelo governador Wilson Lima. A proposta valerá para as doses da vacina da AstraZeneca e para o próximo envio da Coronavac feito pelo Ministério da Saúde.

O órgão federal ainda não anunciou quando as novas remessas de imunizante serão repassadas aos Estados.

Os chefes dos executivos estaduais tomaram a decisão, em reunião virtual do Fórum Nacional de Governadores do Brasil, na noite desta quinta-feira (21/01). Assim que tiverem as vacinas, em cima do total que será destinado pelo Ministério da Saúde a cada Estado, os governadores vão separar 5% para o Amazonas.

O Governo do Amazonas destacou que a proposta foi apoiada pelos governadores, sem objeção. A expectativa é que o governo federal adquira 6 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, que estão sendo importadas da Índia. É a partir delas que os governadores pretendem efetuar o repasse de doses ao Amazonas.

Para o governador Wilson Lima, a celeridade da imunização no Estado será importante para o controle da pandemia de Covid-19, que já tirou a vida de 6.757 amazonenses.

“Medidas como essa são muito importantes para o momento que o Amazonas vive agora. Estamos em guerra contra o vírus, e trabalhando dia e noite para normalizar o abastecimento de oxigênio em nossas unidades, assim como ampliar o número de leitos. Mas precisamos imunizar as pessoas com mais rapidez para que haja um controle mais célere da pandemia”, disse.

O ator da proposta é o governador Wellington Dias, do Piauí. Ele afirmou que a divisão das vacinas é uma questão humanitária.

“Amigos, o que vou defender aqui é uma questão humanitária. Participei agora de GT sobre Manaus e a situação é muito séria, e já se espalha na região. A transmissibilidade é alta”, destacou Dias, que é presidente do Consórcio Nordeste e coordenador da Temática de Vacina no Fórum dos Governadores.

Imunização

Conforme o Governo do Amazonas, com as vacinas encaminhadas pelo Ministério da Saúde, neste primeiro lote, o Amazonas vai imunizar 130.463 pessoas, a maioria população indígena. Serão atendidos 100.642 indígenas aldeados. A fase também contempla 60 pessoas com deficiência que moram em abrigos e 400 idosos que vivem asilos.

Além disso, as vacinas distribuídas pelo Ministério da Saúde vão conseguir atender, neste momento, 34% dos profissionais de saúde, o equivalente a 29.361 trabalhadores. Cada pessoa recebe duas doses da vacina.

O governador de São Paulo, João Dória, anunciou a doação de 50 mil doses de Coronavac ao Amazonas. Mas, de acordo com com o Governo do Amazonas, o lote ainda não foi enviado ao governo estadual.

COMPARTILHE