Manaus, 5 de julho de 2022

Coronavírus

Foto: Semcom/Arquivo
Foto: Semcom/Arquivo Foto: Semcom/Arquivo

Em Manaus, 17 pessoas são detidas por desrespeitar decreto e vão responder por crime

O crime é passível de multa estipulada por um juiz.

Da redação

Em Manaus, 17 pessoas foram detidas pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM) por descumprimento à restrição de circulação de pessoas, na noite deste domingo (31/1). Os detidos assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e vão responder por descumprimento de medida sanitária e crime de desobediência. O crime é passível de multa estipulada por um juiz.

A restrição é uma das medidas do Governo do Amazonas de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Segundo o Estado, com menos pessoas nas ruas, além de dificultar a transmissão do vírus, reduzem-se também os riscos de acidentes e crimes violentos que levem os feridos às unidades de saúde neste momento.

Dos detidos na noite de domingo, 15 foram no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus. Outros dois homens foram detidos no bairro Raiz, Zona Sul, e Jorge Teixeira, Zona Leste.

Novas medidas

A partir desta segunda-feira (1º/2), novas medidas passaram a ser adotadas pelo estado. Continuam restritas a circulação de pessoas e o funcionamento de boa parte do comércio, mas agora estão autorizadas a utilizar o serviço de delivery lojas especializadas em peças para motocicletas, de livrarias e material escolar, além de artigos para bebês.

As oficinas mecânicas de motocicletas também podem funcionar de 8h às 17h. O horário de funcionamento das feiras e mercados foi ampliado e passa a ser das 4h às 15h.

COMPARTILHE