Manaus, 6 de dezembro de 2022

Cinema

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Imigração indígena é tema de roteiro cinematográfico inédito, no AM

Obra é ficcional, mas é baseada em fatos reais, segundo o autor.

Da redação

O projeto ‘Waikihu’ apresentará um roteiro inédito de ficção para longa-metragem. A obra conta a trama de um jovem indígena de apenas nove anos de idade, que deixa sua comunidade no interior do Amazonas, juntamente com sua família, em busca de melhores condições de vida em Manaus.

A obra foi escrita pelo diretor e roteirista Wallace Abreu. De acordo com o autor, mesmo se tratando de uma obra ficcional, a trama é baseada em fatos reais, com produção prevista para 2022.

“Esse é um processo migratório que tem sido bastante comum nas últimas décadas em nosso Estado. A falta de políticas públicas indigenistas acaba sendo uma das principais causas desse processo histórico/geográfico, antropológico e social”, disse Abreu.

Diretor e roteirista Wallace Abreu. Foto: Divulgação

A obra foi contemplada pelo Prêmio Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc. O roteiro será entregue à Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) nas próximas semanas e o autor estuda a possibilidade de torná-lo público, em formato de livro, antes da realização do filme.

COMPARTILHE