Manaus, 6 de julho de 2022

EVENTOS

Foto: Michael Dantas/SEC-AM
Foto: Michael Dantas/SEC-AM Foto: Michael Dantas/SEC-AM

Festival Amazonas de Ópera ocorre de 6 a 20 de junho em formato online

A SEC-AM mudou o período de realização o evento.

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC-AM) mudou o período de realização da 23ª edição do Festival Amazonas de Ópera (FAO). Agora, o evento ocorrerá de 6 a 20 de junho, em formato online.

O festival contará com óperas e concertos gravados, recitais transmitidos ao vivo, webinars e masterclasses online, entre outras atrações.

O evento estava marcado para ocorrer entre abril e maio deste ano, mas, por causa da pandemia da Covid-19, foi adiado.

Nesta edição, o Festival Amazonas de Ópera conta com uma produção inovadora e será totalmente dedicado a compositores e intérpretes brasileiros, com três estreias. Saiba mais aqui.

A programação será transmitida por meio do Facebook e YouTube da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (culturadoam), e também pelo canal do Youtube do FAO (festivalamazonasdeoperafao).

Cena da apresentação de ‘Maria Stuarda’ no Festival Amazonas de Ópera de 2019. Foto Michael Dantas SEC-AM

Confira a programação completa

Óperas (19h Manaus / 20h Brasília)

6 de junho
“Três Minutos de Sol”
Ópera de Leonardo Martinelli / libreto de João Luiz Sampaio
Amazonas Filarmônica

13 de junho
“O Corvo”
Ópera de Eduardo Frigatti / inspirada no conto de Edgar Allan Poe
Coral Do Amazonas e Amazonas Filarmônica

20 de junho
“Moto-Contínuo”
Ópera de Piero Schlochauer / libretto de Beatriz Porto, Isabela Pretti e Piero Schlochauer
Amazonas Filarmônica

Concertos (20h Manaus/ 21h Brasília)

11 de junho
“Duas Flores”
de Fernando Riederer

12 de junho
“Vox Populi e Vírus Verbal em Quatro Miniaturas”
de Laiana Oliveira

14 de junho
“Sans Rien Dire e Spaziergang”
de Tatiana Catanzaro

15 de junho
“Dire è Fare”
de Vinicius Giust

18 de junho
“Ária dos olhos”
de Paulina Łuciuk, poema de Alphonsus de Guimarães

19 de junho
“A Máquina Entreaberta”
de Willian Lentz

Recitais de canto e piano (20h Manaus / 21h Brasília)

7 de junho
Canções de Almeida Prado – Francisco Mignone – Ronaldo Miranda
Dhijana Nobre, soprano
Joubert Júnior, barítono

9 de junho
Canções de Almeida Prado – Ernani Aguiar – João Guilherme Ripper – Osvaldo Lacerda – Ronaldo Miranda
Carol Martins, soprano
Thalita Azevedo, mezzo-soprano
Enrique Bravo, tenor

10 de junho
Canções de Chiquinha Gonzaga
Mirian Abad, soprano
Marinete Negrão, mezzo-soprano
Jefferson Nogueira, tenor
Joubert Júnior, barítono
Roberto Paulo, baixo

16 de junho
Canções de Carlos Gomes
Raquel de Queiroz, soprano
Aurean Elessondres, mezzo-soprano
Juremir Vieira, tenor
Luiz Carlos Lopes, baixo-barítono
Emanuel Conde, baixo

17 de junho
Canções Amazonenses
Carol Martins, soprano
Samanta Costa, mezzo-soprano
Wilken Silveira, tenor
Miquéias William, tenor
Josenor Rocha, barítono
Roberto Paulo, baixo

Webinars

6 de junho (20h Manaus / 21h Brasília)
“A ópera hoje, no Brasil e no Mundo”

8 de junho, (16h Manaus / 17h Brasília)
“Teatros de Ópera e a Economia Criativa no Brasil e na América Latina”

12 de junho, (16h Manaus / 17h Brasília)
“A Profissão do compositor erudito no Brasil: formação, divulgação, interesse, futuro”

Masterclasses (16h Manaus / 17h Brasília)

16 de junho
“Composição de Ópera: Novas linguagens, streaming – até que ponto ajuda ou prejudica a ópera”

18 de junho
“A arte do canto na ópera contemporânea – especialização?”

COMPARTILHE