Manaus, 8 de dezembro de 2022

Turismo

Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur
Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur

Manaus completa 353 anos: confira um roteiro turístico e cultural pela capital

Capital completa 353 anos nesta segunda-feira (24/10).

Com informações da assessoria

Manaus completa 353 anos nesta segunda-feira, 24 de outubro de 2022. Em celebração ao aniversário da cidade, a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) preparou um roteiro turístico e cultural pelas ruas da capital. Confira.

Conhecida por seu calor e belas paisagens, a capital do Amazonas é uma grande metrópole localizada no coração da Amazônia e possui uma cena cultural que mistura ancestralidade e o urbano, carregando a força do Norte do Brasil em uma combinação única e que encanta seus visitantes.

Teatro Amazonas, Palacete Provincial, Centro Cultural dos Povos da Amazônia e Centro Cultural Palácio Rio Negro. Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur

ROTEIRO POR MANAUS

Teatro Amazonas

O roteiro começa pelo suntuoso e imperdível Teatro Amazonas. Inaugurado em 1896 e situado no Largo de São Sebastião, é o principal cartão-postal da cidade. Imponente, chama atenção por sua cúpula colorida com as cores da bandeira brasileira e pelo seu interior luxuoso, herança dos tempos áureos da borracha.

O Teatro Amazonas abre de terça a sábado, das 9h às 17h. Todas as visitas ao local são guiadas, sendo o valor de entrada é R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) para turistas. Para os amazonenses, a entrada é gratuita, desde que o visitante apresente um documento oficial de identificação.

Centro Cultural dos Povos da Amazônia

A próxima parada do roteiro é o Centro Cultural dos Povos da Amazônia, um rico e vasto espaço dedicado à cultura amazônida. O complexo conta com biblioteca, exposições temporárias e permanentes, mas o destaque é o Museu do Homem do Norte.

O museu conta com quatro ambientes: a Sala dos Estados, com exposições sobre as sete unidades federativas que compõem o Norte do Brasil; a Sala dos Rituais que, por meio de objetos arqueológicos, mostra os diferentes rituais dos povos originários; a Sala da Cultura Cabocla, que apresenta o ciclo da borracha e as lendas da região; e a Sala de Cinema Silvino Santos que exibe filmes voltados para a história do caboclo.

O Centro Cultural Povos da Amazônia está localizado na avenida Silves, 2.222, antiga Bola da Suframa, e funciona de terça a domingo, das 9h às 15h. A entrada é gratuita.

Palacete Provincial

A terceira parada é o Palacete Provincial, prédio fundado em 1874 e que atualmente abriga cinco museus diferentes: Museu da Imagem e do Som, Museu de Arqueologia, Museu de Numismática do Amazonas, Museu Tiradentes e a Pinacoteca do Estado. Por conter diversas exposições, o espaço cultural é um prato cheio para seus visitantes.

O Palacete está localizado na Praça Heliodoro Balbi, s/nº, Centro, e funciona de terça a sábado, das 9h às 17h. A entrada é gratuita.

Centro Cultural Palácio Rio Negro

O último destino é o Centro Cultural Palácio Rio Negro. Construído em 1903, o prédio funcionou como sede do Governo do Estado e, em 3 de outubro de 1980, foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Amazonas.

Por conta de seu opulento estilo arquitetônico e importância histórica, o prédio foi transformado em centro cultural. O espaço conta com exposições e salas para diversas atividades culturais, e oferece ainda visitação guiada, que relata a história e conta curiosidades do local.

O Centro Cultural Palácio Rio Negro tem entrada gratuita, funciona de terça-feira a sábado, das 9h às 17h e está localizado na avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro.

COMPARTILHE