Manaus, 20 de setembro de 2021

TUDOPod

Foto: Eliena Monteiro/PEM
Foto: Eliena Monteiro/PEM Foto: Eliena Monteiro/PEM

Concultura e Manauscult celebram aniversário do poeta Luiz Bacellar com sarau; veja fotos

Evento ocorreu no sábado (4/9), dia em que o poeta faria 93 anos de idade.

Por Edilene Mafra e Eliena Monteiro

Uma manhã ensolarada e regada a poesia celebrou o aniversário do poeta Luiz Bacellar, no sábado (4/9), dia em que o amazonense completaria 93 anos de idade. A homenagem foi organizada pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura) e pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Veja fotos do sarau.

Ouça esta matéria em áudio:

O presidente do Concultura, Tenório Telles, e o vice-presidente do conselho, Neilo Batista, conduziram o evento. A trilha sonora do sarau contou com o chorinho do grupo ‘Beliscando’.

Concultura e Manauscult celebraram aniversário do poeta Luiz Bacellar com sarau. Foto: Eliena Monteiro/PEM

Telles resumiu como foi a manhã de homenagens ao poeta Luiz Bacellar. “Foi realmente um dia muito feliz esse e um dia de clara manhã, como é clara a poesia do Bacellar. E tivemos até um arco-íris para homenagear o poeta nesse dia 4 de setembro, em que ele completaria 93 anos de idade. Então, que felicidade, Bacellar, estarmos aqui, nesta manhã, nesta praça, celebrando tua vida, tua poesia e relembrando teu nome!”, disse.

Luiz Bacellar ajudou a fundar o movimento cultural Clube da Madrugada, em 1954. O poeta Elson Farias, que ingressou no grupo, lembrou os anos de convivência com Bacellar.

“Eu convivi com Bacellar por 60 anos, mais ou menos, e a gente se via quase que diariamente. Como trabalhávamos de dia, à noite, a gente sempre se reunia na praça, nos bares, para conversar sobre literatura, poesia, arte, cultura de modo geral”, detalhou.

Tenório Telles. Foto: Eliena Monteiro/PEM

Novidade

O sarau foi realizado no coreto da praça Dom Pedro II, no Centro Histórico de Manaus. Presente no evento, o presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, revelou que o espaço receberá apresentações com periodicidade.

“Queremos, até o final de outubro [de 2021], termos a primeira praça do Brasil sonorizada com som de qualidade para que, no finalzinho da tarde, nós tenhamos apresentações, intervenções, como essa que nós acabamos de assistir aqui do grupo, do quarteto Beliscando”, informou.

Alonso Oliveira adiantou informações sobre o uso da Praça Dom Pedro II para eventos. Foto: Eliena Monteiro/PEM

O poeta Luiz Bacellar

Luiz Bacellar nasceu em Manaus, em 4 de setembro de 1928, e morreu em 9 de setembro de 2012. Conforme o Concultura, ele é considerado um dos poetas mais expressivos da literatura amazonense.

Com sua estreia literária, ‘Frauta de barro’ (publicado em 1963), conquistou o Prêmio Olavo Bilac, da Prefeitura do Rio de Janeiro, em 1959.

Em sua bibliografia também se destacam ‘Sol de feira’, de 1973 (Prêmio de Literatura do Estado do Amazonas); ‘Quatro movimentos’, de 1975; ‘O crisântemo de cem pétalas’ (em parceria com Roberto Evangelista), 1985; ‘Quarteto’, 1998; Satori, 2000; ‘Borboletas de fogo’, 2004 e; ‘Quatuor’, 2005.

Confira fotos do sarau:

Vídeo

Conheça a história do poeta Luiz Bacellar no documentário da série ‘Escritores do Amazonas’, produzida pela Editora Valer:

*Esta matéria foi veiculada no Jornal da Manhã Edição de Domingo, da Rádio Difusora FM (96,9), neste domingo (5/9).

COMPARTILHE