Manaus, 15 de junho de 2024

Esportes

Foto: Word archery
Foto: Word archery Foto: Word archery

Atleta indígena amazonense participa da Copa do Mundo de Tiro com Arco na Coreia do Sul

A disputa é uma nova oportunidade para competir nas Olimpíadas de Paris.

Com informações da assessoria

A atleta indígena amazonense Graziela Santos, participar da ‘Copa do Mundo de Tiro com Arco‘ na Coreia do Sul. A disputa ocorre em Yecheon, até o domingo 26 de maio de 2024.

A 2ª etapa da Copa do Mundo de Tiro com Arco de 2024, é uma nova oportunidade de adaptação em competições internacionais.

“É uma disputa bem importante para garantir melhores condições para competir e, claro, mais chance de ir para as Olimpíadas de Paris”, comentou Graziela do povo Karapãna, com o nome indígena Yaci, que significa Lua.

Foto: Word archery

Depois dessa competição na Coreia, junto com outros atletas da seleção brasileira, Yaci seguirá para uma disputa em grupo na Turquia, que será extremamente importante para escolher quem vai representar o Brasil, em julho, nas Olimpíadas de Paris.

SOBRE A ATLETA

A trajetória esportiva de Yaci, que é da comunidade Nova Kuanã, localizada na Zona Rural de Manaus, iniciou há mais de 10 anos, quando foi inserida no projeto de Arquearia Indígena da Fundação Amazônia Sustentável (FAS).

O projeto de Arquearia Indígena da FAS tem o objetivo de valorizar as tradições dos povos indígenas e incentivar a autoestima de jovens ao promover oportunidades de crescimento e desenvolvimento por meio do esporte.

Atualmente, Yaci luta por uma vaga no time brasileiro que vai disputar as Olimpíadas. Ela treina diariamente no Centro de Treinamento de Tiro com Arco de Maricá, no estado do Rio de Janeiro.

O tiro com arco olímpico é composto por cinco provas: duas individuais para homens e mulheres, duas por equipes (uma para cada gênero) e uma competição mista por equipes.

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!