Manaus, 20 de maio de 2022

Entretenimento

Foto: DJ Evandro Jr/Reprodução
Foto: DJ Evandro Jr/Reprodução Foto: DJ Evandro Jr/Reprodução

Novo decreto do AM só permite eventos privados com até 200 pessoas e sem venda de ingressos

Grandes eventos estão proibidos por tempo indeterminado.

Da redação

O novo decreto do Governo do Amazonas só permite eventos sociais de caráter privado e sem a venda de ingressos. Essas festas são limitadas a 50% da capacidade do local e podem reunir, no máximo, 200 pessoas. Os grandes eventos com ou sem venda de ingressos estão proibidos em todo o Estado por tempo indeterminado.

Entre as festas sociais permitidas pelo novo decreto estão casamentos, aniversários e formaturas.

O Governo do Estado anunciou o novo decreto na sexta-feira (7/1), e as restrições já começaram a valer neste sábado (8/1).

Os grandes eventos com e sem venda de ingressos estão proibidos no Amazonas. Foto: DJ Evandro Jr/Reprodução

Grandes eventos suspensos

O decreto suspende a realização de eventos de qualquer natureza com venda de ingressos em todos os 62 municípios do Amazonas, independentemente da quantidade de público.

A medida de prevenção à disseminação da Covid-19 vale por tempo indeterminado.

No novo documento, o Governo do Estado “estabelece que eventos sociais de caráter privado, sem a venda de ingressos, como casamentos, aniversários, formaturas, podem ocorrer, mas limitados a 50% da capacidade do local e ao máximo de 200 pessoas. Os locais também devem seguir os protocolos de distanciamento, uso de máscara, álcool em gel e regularidade da situação vacinal”.

Em caso de descumprimento do decreto, está prevista multa no valor de R$ 50 mil, podendo chegar até R$ 500 mil.

Aumento de casos

A medida foi tomada após recomendação do Comitê de Crise da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), em reunião extraordinária realizada na sexta-feira.

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) identificou o aumento no número de casos de Covid-19 no Estado. A média diária passou de 100 novos casos para 275 nas últimas 48 horas.

Ao anunciar o decreto de restrições, o Governo do Amazonas reforçou a necessidade de a população manter as medidas de prevenção contra a Covid-19 e outras doenças respiratórias, como o uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações.

COMPARTILHE