Manaus, 2 de junho de 2023

Entrevistas

Foto: Léo Aversa
Foto: Léo Aversa Foto: Léo Aversa

Entrevista exclusiva: Marisa Monte celebra turnê e promete show com ‘clássicos e novidades’ em Manaus

Cantora chega a Manaus para show nesta quinta. Confira entrevista.

Por Edilene Mafra

A cantora Marisa Monte está em turnê pelo Brasil. Manaus recebe o show nesta quinta-feira, 20 de abril de 2023. Em entrevista exclusiva ao Portal Edilene Mafra, a artista celebrou o novo momento da carreira, exaltou o samba e prometeu um apresentação com ‘clássicos e novidades’.

Marisa chega a Manaus para um show inédito da turnê ‘Portas’, nome do álbum lançado em 2021. Realizado, em sua maior parte, durante a pandemia da Covid-19, o novo trabalho vem depois de um hiato.

Foto: Léo Aversa

O sucesso foi tanto que Marisa Monte se tornou a primeira mulher brasileira a receber o ‘Prêmio Tenco’, em San Remo, na categoria ‘per cantautore’’, que é direcionada a artistas autorais pelo conjunto da obra.

Na turnê ‘Portas’, a cantora mescla as canções do novo projeto e músicas inesquecíveis da carreira, que já soma mais de três décadas. Claro que clássicos, como ‘Bem que se quis’, ‘Beija eu’ e ‘Ainda lembro’, estão no repertório.

Depois de Manaus, a turnê passará por outras 13 cidades entre abril e novembro deste ano. Belém, capital do Pará, é a próxima. No mês de junho, o show será levado para fora do Brasil.

Foto: Léo Aversa

ENTREVISTA

O Portal Edilene Mafra enviou perguntas à cantora, que deu detalhes da nova turnê. Confira, a seguir.

Na sua trajetória, você tem grandes projetos, como o resgate de músicas brasileiras e os Tribalistas. Como você descreve essa nova fase na carreira?

Momento de expansão, reencontro e afirmação de uma história de cumplicidade com o público através da arte e do tempo.

Marisa Monte Show Portas. Foto: Léo Aversa

Nas suas viagens pelo Brasil, você tem contato com diferentes culturas. Como isso influencia as suas composições? Você leva um pouco de tudo para os formatos das suas apresentações?

Adoro visitar periodicamente as cidades onde canto e aprender com cada uma delas a riqueza da cultura regional brasileira. Levo comigo memórias e deixo um pouco de mim por onde passo.

O que o público pode esperar dos shows da nova turnê?

É o mesmo show que eu tenho apresentado pelo Brasil e pelo mundo. Já estivemos na Europa, América Latina e Estados Unidos com uma banda fabulosa com Dadi (baixo, teclado e guitarra), Davi Moraes (guitarras), Pupillo (bateria), Pretinho da Serrinha (percussão, cavaquinho e voz) e Chico Brown (teclado, guitarra, baixo e voz), Antônio Neves (trombone, adaptações e arranjos de metais), Eduardo Santanna (trompete e flugelhorn) e Lessa (flauta e sax), e uma direção de arte e iluminação que amplificam a comunicação com o público através das canções.

Foto: Léo Aversa

Sua ligação com o samba vem de berço, inclusive você tem uma forte ligação com a Portela. Como o samba foi contemplado nessa nova turnê?

O samba sempre este presente em todas as minhas turnês, antes mesmo de eu gravar o meu primeiro álbum. É a maior expressão musical da minha cidade, Rio de Janeiro, e não tem como crescer aqui, amar música e não ser impactada por tanta beleza e poesia.

Agora, você pode fazer um convite para o show do dia 20 de abril em Manaus.

Temos um encontro marcado com nossa memória afetiva comum, vamos unir as nossas vozes e celebrar a vida entre clássicos e novidades.

Foto: Léo Aversa

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!