Manaus, 7 de agosto de 2022

Editais

Foto: Antonio Pereira/Semcom
Foto: Antonio Pereira/Semcom Foto: Antonio Pereira/Semcom

Edital ‘Thiago de Mello’ vai dar até R$ 100 mil a projetos de Cultura em Manaus

Inscrições começam segunda (8/8) e ficarão abertas até o dia 21/9.

Da Redação

A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) lançou o “Concurso Prêmio Manaus 2022 – Thiago de Mello“, nessa sexta-feira (5). O edital selecionará projetos artístico-culturais da capital. As propostas poderão concorrer a valores que variam entre R$ 15 mil e R$ 100 mil.

As inscrições começam na segunda-feira (8/8) e ficarão abertas até o dia 21 de setembro.

Segundo o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, além do “Edital Thiago de Mello – Artistas e Profissionais da Cultura”, na segunda-feira, também será lançado o “Edital Thiago de Mello – Novos Talentos”.

Edital homenageia Thiago de Mello. Foto: Antonio Pereira/Semcom

“Ao todo, os dois editais irão contemplar até 142 propostas, em um investimento total de R$ 2 milhões na cadeia econômica da cultura de Manaus”, ressaltou Oliveira.

O edital “Thiago de Mello – Novos Talentos” terá orçamento de R$ 400 mil.

“O mais importante é o ganho cultural para a cidade, porque muitos projetos serão contemplados, e esses projetos retornarão para as comunidades para que a sociedade possa usufruir desses bens culturais”, afirmou o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Tenório Telles.

Alonso Oliveira e Tenório Telles. Foto: Antonio Pereira/Semcom

O produtor cultural e jornalista Wagner Moreira, premiado no edital Zezinho Corrêa 2021, da Manauscult, celebrou o lançamento do novo edital.

“Inicialmente, eu gostaria de parabenizar a Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult, pela homenagem que foi feita ao nosso grande poeta, que representa a Amazônia, que representa o Brasil, a nível internacional, que é o Thiago de Mello. Nós temos por metro quadrado diversos artistas que precisam mostrar o seu trabalho na arte circense, arte cênica, poesia, dança, e a gente precisa desse estímulo e dessa possibilidade de mostrar essas diferentes linguagens artísticas”, disse.

Segmentos

Serão contemplados até 55 projetos, divididos em nove segmentos artísticos:

  • artes visuais (5)
  • audiovisual (7)
  • circo (5)
  • dança (5)
  • hip-hop (5)
  • literatura (5)
  • tradições culturais (5)
  • música (11)
  • teatro (8).

O investimento total é de R$ 1,6 milhão. Os prêmios por segmentos artísticos estão distribuídos em valores de R$ 15 mil, R$ 30 mil, R$ 45 mil e R$ 100 mil.

Quem pode participar

O edital é voltado a artistas e profissionais da cultura.

Poderá participar do concurso pessoa física ou pessoa jurídica, com trajetória documentada e que já tenham realizado, no mínimo, (2) duas produções na área da cultura e que estejam comprovadas em portfólio.

Podem se inscrever maiores de 18 anos, pessoas físicas ou pessoas jurídicas, desde que as pessoas físicas residam em Manaus e as pessoas jurídicas possuam o domicílio em Manaus.

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas a partir de segunda-feira (8/8), apenas de maneira digital por meio dos formulários online disponibilizados na página da Manauscult (manauscult.manaus.am.gov.br), até o dia 21 de setembro de 2022.

Os trabalhadores da cultura interessados devem:

  • consultar o edital e preencher os formulários online disponíveis na aba “editais“, no site da Manauscult, no endereço eletrônico: manauscult.manaus.am.gov.br.

O prazo para envio das propostas digitais é de 45 (quarenta e cinco) dias, a contar do primeiro dia útil seguinte à data de publicação do edital.

Para participar, no momento da inscrição, os proponentes devem preencher todos os campos obrigatórios constantes na plataforma digital e realizar o upload dos documentos necessários. Toda a documentação exigida está relacionada no item 5.2.1 do edital.

Projetos

Todos os projetos contemplados no edital deverão ser realizados em Manaus, incluindo os que buscam a promoção de formação dos artistas e produtores culturais manauenses. Todas as atividades decorrentes da realização dos projetos premiados no edital deverão ser oferecidas gratuitamente à população.

Cada projeto cultural poderá ser inscrito uma única vez, em apenas 1 (um) segmento artístico e 1 (um) módulo financeiro, assim como o proponente que apresentar sua inscrição como pessoa física não poderá apresentar outra como pessoa jurídica.

“O objetivo é premiar o maior número de proponentes habilitados”, enfatizou a Manauscult.

Após a fase de inscrições, as propostas serão avaliadas em duas etapas:

  • análise de documentação referentes à habilitação jurídica e regularidade fiscal, de caráter classificatório e eliminatório, realizada pela Comissão Técnica;
  • e análise dos projetos, realizada pela Comissão de Seleção, de caráter classificatório e eliminatório.

Na fase de análise dos projetos, serão avaliados critérios como excelência técnica e relevância cultural da proposta, aspectos de criatividade e de inovação, exequibilidade orçamentária, qualificação do proponente e proposta de contrapartida.

Os projetos aprovados terão um prazo de seis meses para realizar suas atividades, a contar da data do recebimento dos recursos financeiros. O edital na íntegra e todos os anexos necessários para a inscrição estarão disponíveis no site da Manauscult.

Dúvidas

Em caso de dúvidas, os trabalhadores da cultura podem entrar em contato com a equipe da Manauscult:

  • pelo e-mail [email protected]
  • ou ligar para o telefone (92) 08842-1111, em horário comercial, das 8h às 17h.

Homenagem

O nome do prêmio é uma homenagem ao poeta amazonense Amadeu Thiago de Mello, que faleceu no dia 14 de janeiro de 2022, em Manaus, aos 95 anos, de causas naturais.

Nascido em Barreirinha, o artista conquistou reconhecimento nacional e internacional, tornando-se um dos mais expressivos poetas contemporâneos do país. É autor de livros reconhecidos mundialmente, como “Faz escuro, mas eu canto”, “Silêncio e palavra”, “Manaus, amor e memória”, entre outros.

Além de escritor, exerceu o jornalismo e serviu no Itamaraty como adido cultural no Chile, onde cultivou uma grande amizade com Pablo Neruda e Salvador Allende.

O Museu da Cidade de Manaus (Muma), localizado no Centro Histórico, possui uma exposição permanente em homenagem ao poeta.

COMPARTILHE