Manaus, 30 de novembro de 2022

Cultura

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram Foto: Reprodução/Instagram

Obra de Kobra em cilindro gera R$ 700 mil e valor vai ajudar AM com oxigênio

Obra tridimensional traz um recipiente com uma árvore dentro.

Por Stephane Simões

O artista brasileiro Eduardo Kobra arrecadou cerca de R$ 700 mil com a venda da obra ‘Respirar’. A obra arte foi produzida em um cilindro de oxigênio inativado. O valor arrecado será utilizado na construção de duas usinas de produção de oxigênio para ajudar o Amazonas.

A pintura tridimensional mostra um recipiente com uma árvore plantada dentro. Segundo o artista, com o valor arrecadado será possível produzir o equivalente a 1,4 mil cilindros de oxigênio por mês, que vão abastecer as unidades hospitalares do Amazonas.

Dinheiro adquirido vai ajudar o Amazonas. Foto: Reprodução/Instagram

“Isso representa um sopro de vida, esperança, renovação, nesse momento delicado e triste. A obra também poderá ser vista em alguns pontos da cidade de São Paulo”, informou Kobra.

O artista utilizou um cilindro de oxigênio vazio para fazer a pintura. A obra, de acordo com ele, retrata a dor da pandemia e faz um alerta para a preservação da Amazônia.

Cilindro inativado foi usada para a produção da obra. Foto: Reprodução/Instagram

Kobra afirmou que esta foi a primeira obra oficial desenvolvida pelo Instituto Kobra, que contou com a parceria dos voluntários do União BR e o Grupo Vertical Garden.

Natural de São Paulo, onde mora até hoje, o artista Eduardo Kobra tornou-se um dos mais reconhecidos muralistas da atualidade. Uma de suas obras mais famosas é ‘O Beijo’, executada em 2012, no High Line, em Nova York – apagada quatro anos mais tarde.

Obra também chama a atenção para preservação da Amazônia. Foto: Reprodução/Instagram

Kobra fala, em vídeo, sobre a obra em cilindro desativado:

COMPARTILHE