Manaus, 16 de julho de 2024

Carnaval

Foto: Fabio Motta/RioTur
Foto: Fabio Motta/RioTur Foto: Fabio Motta/RioTur

Carnaval 2024: confira ordem dos desfiles no RJ

Escolas se apresentam nos dias 11 e 12 de fevereiro na Marquês de Sapucaí.

Com informações da Agência Brasil

O Carnaval 2024 no Estado do Rio de Janeiro já está com a ordem do desfile das escolas de samba definida. As agremiações se apresentam nos dias 11 e 12 de fevereiro na Marquês de Sapucaí.

A ordem do desfile foi definida por meio de sorteio, realizado pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), nesta terça-feira (20).

Primeiro dia do Carnaval 2024 do Rio de Janeiro começa com Porto da Pedra e o segundo, com Padre Miguel. Foto: Fabio Motta/RioTur
Primeiro dia do Carnaval 2024 do Rio de Janeiro começa com Porto da Pedra e o segundo, com Padre Miguel. Foto: Fabio Motta/RioTur

CARNAVAL 2024: VEJA A ORDEM DO DESFILE DAS ESCOLAS DO RIO DE JANEIRO

Pela ordem do sorteio, vão se apresentar, no domingo, 11 de fevereiro de 2024, as seguintes escolas:

  • Unidos do Porto da Pedra,
  • Beija-Flor de Nilópolis,
  • Acadêmicos do Salgueiro,
  • Unidos do Grande Rio,
  • Unidos da Tijuca,
  • e Imperatriz Leopoldinense, campeã do carnaval de 2023.

Na segunda-feira, 12 de fevereiro, se apresentam as seguintes agremiações:

  • Mocidade Independente de Padre Miguel,
  • Portela,
  • Vila Isabel,
  • Mangueira,
  • Paraíso do Tuiuti,
  • e Unidos do Viradouro.

CONFIRA OS ENREDOS DAS ESCOLAS DO RIO DE JANEIRO NO CARNAVAL 2024

Pela ordem de apresentação no dia 11 de fevereiro de 2024:

  • Unidos do Porto da Pedra – ‘Lunário Perpétuo: A profética do saber popular
  • Beija-Flor de Nilópolis – ‘Um delírio de carnaval na Maceió de Rás Gonguila
  • Acadêmicos do Salgueiro – ‘Hutukara
  • Unidos do Grande Rio – ‘Nosso destino é ser onça
  • Unidos da Tijuca – ‘O Contro de Fados
  • Imperatriz Leopoldinense – ‘Com a sorte virada pra lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda

Pela ordem de apresentação no dia 12 de fevereiro de 2024:

  • Mocidade Independente de Padre Miguel  – ‘Pede caju que dou… Pé de caju que dá
  • Portela – ‘Um defeito de cor
  • Vila Isabel – ‘Gbala – Viagem ao Templo da Criação
  • Mangueira – ‘A negra voz do amanhã
  • Paraíso do Tuiuti’ – ‘Glória ao Almirante Negro
  • Unidos do Viradouro – ‘Arroboboi, Dangbé

COMPARTILHE

error: Este conteúdo está protegido!