Manaus, 6 de julho de 2022

EVENTOS

Foto: Alex Pazuello/Semcom
Foto: Alex Pazuello/Semcom Foto: Alex Pazuello/Semcom

Feira do Polo Digital de Manaus volta a ser realizada e em formato híbrido

Feira será em dezembro. Inscrições para expositores estão abertas.

Da redação

A Feira do Polo Digital de Manaus voltará a ser realizada na capital, entre os dias 9 e 11 de dezembro de 2021. A 3ª edição será em formato híbrido, e as inscrições para expositores estão abertas.

O evento ocorrerá no Vasco Vasques, no bairro Flores, Zona Centro-Sul da capital. Considerado o maior encontro de empreendedorismo da região Norte do país, a feira tem como tema ‘Manaus Conectada’.

O evento é organizado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese) e a programação acontecerá em formato híbrido, ou seja, presencial e virtual.

O evento retorna em 2021, após ter sido suspenso no ano passado, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Segundo a organização, a edição oferece estrutura diferenciada, espaços para reencontros, networking, negócios e soluções.

Feira do Polo Digital em 2019. Foto: Alex Pazuello/Semcom

Inscrições para expositores

Startups, empresas, valleys e instituições poderão participar como expositores dos seus produtos ou serviços por meio de totens, que serão entregues com adesivo de identificação da empresa, ponto de energia 110 Volts, ponto de internet e TV.

As inscrições devem ser feitas na plataforma Sympla. Quem desejar expor presencialmente pode se inscrever por meio do link: https://bityli.com/eknTCw.

Já os interessados em expor no ambiente virtual devem acessar: https://bityli.com/CvfYOF.

Patrocínio

Neste ano, a Prefeitura de Manaus será uma das principais patrocinadoras do evento, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

“Essa nova edição nos traz uma nova perspectiva, do ponto de vista tecnológico. Manaus vem com grandes avanços na área de tecnologia, no ramo educacional e nos negócios com automatização de processos e qualificação profissional. O impacto é positivo e as soluções são inovadoras”, avalia o secretário da Semtepi, Radyr Júnior.

COMPARTILHE