Manaus, 6 de julho de 2022

Turismo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Confira dicas da polícia do AM para viagens nacionais ou internacionais

Circular com pouco dinheiro está entre dicas essenciais.

Com informações da assessoria

A Delegacia Especializada em Crimes contra o Turista (DECCT) e a Polícia Turística do Amazonas (Politur) fizeram uma lista de orientações aos turistas amazonenses em viagens nacionais e internacionais. Contratar seguro viagem, circular com pouca quantidade de dinheiro em mãos e portar GPS são algumas dicas essenciais para quem deseja viajar.

Segundo a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), no Brasil ou exterior, os cuidados pessoais com segurança devem ser prioridade. O delegado Caio César Nunes, titular da DECCT, disse que a primeira dica para os viajantes é contratar um seguro viagem e um seguro saúde.

“Contratando esses seguros, principalmente se for viajar para fora do país, já é uma precaução para golpes de passagens aéreas”, ressaltou.

Também é importante ficar atento ao levar dinheiro em espécie. O ideal é que o turista compre uma doleira ou uma bolsa pequena, evitando furtos em lugares aglomerados.

“Às vezes, no hotel tem um cofre e, se for o caso, o mais adequado é guardar o dinheiro nele. Mas, se for possível, a orientação é que compre um cartão pré-pago”, orientou o delegado.

Ao sair para visitar os pontos turísticos, o visitante deve ter o cuidado em áreas históricas, principalmente nos centros das cidades. “Nessas regiões, os criminosos aproveitam para passar notas falsas. Sempre desconfie de câmbios mais baratos, geralmente essas pessoas estão tentando aplicar um golpe”, alertou Nunes.

Conforme o comandante da Politur, capitão Jorge Barreto, em casos de dúvidas sobre pontos turísticos, ou informações de modo geral, o mais recomendável é sempre procurar por um policial, principalmente nas grandes cidades.

“Toda cidade têm um Centro de Atendimento ao Turista, em que a pessoa vai atrás de empresas oficiais de turismo. O ideal é procurar militares da região. Eles vão informar os caminhos mais seguros evitando os crimes de roubo, furto, ou até mesmo crimes mais graves”, explicou o comandante.

O delegado da unidade da Polícia Civil especializada nos crimes contra os turistas ressaltou que, caso haja qualquer problema no Brasil, deve-se procurar imediatamente a Polícia Militar ou a Delegacia de Turista local. No exterior, além de procurar as autoridades policiais, é necessário acionar a Embaixada ou Consulado Brasileiro.

Confira outras dicas de segurança

• Colocar cadeado nas bagagens

• Andar acompanhado à noite

• Cuidado ao ingerir bebida oferecida por pessoas desconhecidas

• Cuidado com o golpe “Boa Noite, Cinderela”

• Pesquisar a cultura do país para onde deseja viajar

• Não andar distraído

• Tomar cuidado com pertences em praias e aglomerações

• Não expor objetos pessoais, como celulares, cordões e equipamentos fotográficos

• Andar com um GPS

• Evitar sair em determinados horários

• Usar doleira

• Fotografar documentos e cartões e encaminhar para e-mail pessoal

• Tomar cuidado com pertences em praias e aglomerações

COMPARTILHE