Manaus, 1 de dezembro de 2022

Teatro

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal Foto: Arquivo pessoal

Lendas e mitos amazônicos são retratados em produção audiovisual com teatro de objetos

Em montagem, projeto é conduzido pela atriz Ariane Feitoza.

Da redação

Uma produção audiovisual vai retratar as lendas e mitos amazônicos por meio de contação de histórias. Em fase de montagem, o projeto ‘Contação de História: Lendas e Mitos Amazônicos’ é conduzido pela atriz Ariane Feitoza.

Ariane utilizará uma vertente do teatro conhecida como teatro de objetos. A produção conta com generosas pitadas de interpretação e bastante humor.

Serão quatro episódios com duração de até 15 minutos. Entre as lendas e mitos que serão apresentadas estão: ‘A Árvore de Todos os Frutos’, história indígena da região de Roraima que conta o surgimento do Monte Roraima e trata da sua importância para toda região Norte; ‘A Lenda da Iara’, a sereia que foi aprisionada no fundo do rio e que até hoje protege pescadores; ‘A Lenda do Uirapuru’, um pássaro especial com poderes mágicos para realizar um desejo especial de quem consegue encontrá-lo; e ‘Juca e a Serpente do Rio’, que conta a história de caboclo amazônida que realiza três desejos ao encontrar uma serpente que vive no fundo do rio Amazonas.

Atriz Ariane Feitoza. Foto: Arquivo pessoal

Ariane Feitoza explica que o teatro de objetos é uma vertente bem próxima ao teatro de animação. No lugar de bonecos, a técnica usa objetos prontos, que têm a função transformada e ganham novos significados.

“É um tipo de dramaturgia com figuras de linguagem onde novos significados são dados aos objetos por meio de associações pela sua forma, movimento, cor, textura, função ou que a imaginação permitir. Na prática, um objeto cria no espectador uma associação metafórica que o transforma em outra coisa além do que ele é, sem que deixe de ser o que ele efetivamente é”, disse.

A atriz vai conduzir as ações e movimentos dos objetos utilizados para tornar a contação de história uma atividade lúdica e permitir aos espectadores o desenvolvimento das suas capacidades e o uso da imaginação.

Contação de História

O projeto ‘Contação de História: Lendas e Mitos Amazônicos’ foi contemplado pelo edital Programa Cultura Criativa 2020 – Lei Aldir Blanc, lançado pelo Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC).

Os quatro episódios serão apresentados no formato online e estarão disponíveis nas redes sociais. A data de lançamento será divulgada nas próximas semanas.

O público alvo são crianças e adolescentes, principalmente, alunos da rede pública municipal e estadual de ensino. Todos os capítulos serão traduzidos em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) e contarão com audiodescrição, promovendo a inclusão e eliminando barreiras de acesso ao projeto na íntegra.

COMPARTILHE