Manaus, 1 de julho de 2022

EVENTOS

Foto: Michael Dantas/SEC-AM
Foto: Michael Dantas/SEC-AM Foto: Michael Dantas/SEC-AM

Obra de Verdi, ‘Il Trovatore’ estreia no Festival Amazonas de Ópera 2022

Drama italiano estreia neste domingo (29/5), no Teatro Amazonas.

Com informações da assessoria

Uma das montagens mais executadas nos teatros de ópera do mundo, ‘Il Trovatore‘, estreia neste domingo (29/5), às 19h, no Teatro Amazonas. Em formato de concerto, o espetáculo faz parte da programação do 24º Festival Amazonas de Ópera, encerrando o cronograma de estreias.

A montagem ‘Il Trovatore’, do compositor italiano Guiseppe Verdi, tem a regência do maestro Luiz Fernando Malheiro no comando da Orquestra Amazonas Filarmônica e, no palco, artistas do Coral do Amazonas.

Foto: Michael Dantas/SEC-AM

Realizado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC-AM) e Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), o festival de ópera apresenta ao público as obras clássicas do universo lírico, referenciando o Estado no roteiro de grandes espetáculos do gênero.

“O Festival Amazonas de Ópera, neste ano, se projetou no cenário internacional, o que reflete o grau de profissionalismo dos nossos artistas e na escolha certeira das óperas em cartaz”, afirma o titular da Secretaria, Marcos Apolo Muniz. “O amazonense também fez o seu papel, prestigiando o festival, lotando todas as sessões”, completou.

A obra lírica

“Il Trovatore”, de Guiseppe Verdi, somada às óperas “Rigoletto” e “La Traviata”, compõe a chamada “trilogia verdiana”, conhecida como uma das obras líricas mais populares. A montagem aborda assuntos como vingança, vida cigana, bruxaria, poder e morte. Entre os personagens, Conde, Azucena, Manrico e Leonora, permeiam o drama inflamado por amor e ódio.

Acessibilidade

Neste domingo, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa também celebra 13 anos de atuação do setor de acessibilidade no Teatro Amazonas, com a opção de audiodescrição para deficientes de baixa visão.

A equipe de acessibilidade participa de todos os eventos no local, disponibilizando aparelhos que permitem o entendimento dos espetáculos. Segundo o gerente da Biblioteca Braille do Amazonas, Gilson Pereira, a partir de 2009, todas as edições do Festival Amazonas de Ópera e os Concertos de Natal tiveram a opção de acessibilidade.

“A primeira ópera com audiodescrição foi ‘Sansão e Dalila’. No mês seguinte, a ópera ‘Os Troianos’, com seis horas de duração, recebeu audiodescrição com equipe própria do Teatro Amazonas, formada por Laila Lopes, Douglas Porto, Sandra Amazonas e eu na consultoria. E nós não paramos mais”, destaca Gilson Pereira.

Na entrada do Teatro Amazonas, a equipe de acessibilidade da Secretaria de Cultura e Economia Criativa participa de todos os eventos no local, disponibilizando aparelhos que permitem o entendimento dos espetáculos.

Festival

O FAO segue até 31 de maio, na capital e interior. A programação conta com atrações gratuitas e, para as obras pagas, os ingressos estão à venda em www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

Cinco óperas, recitais, concertos, workshop e encontro de economia criativa estão na agenda do evento. A programação inclui atrações no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação, centros culturais Palácio da Justiça e Palácio Rio Negro e também no interior (veja programação completa). As estreias das óperas vão ser transmitidas pela TV Encontro das Águas e nas redes sociais da @culturadoam.

O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). O projeto, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, tem patrocínio master do Bradesco e patrocínio da Innova.

COMPARTILHE